quarta-feira, 4 de Janeiro de 2012

ANGOLA - O RIO CUBANGO - OKAVANGO NA NAMÍBIA

Há aqui um erro porque a fronteira que o rio faz é entre Cuando-Cubango e Namíbia e não entre Namibe e Namíbia.
ANGOLA - O rio Cubango...
O rio Cubango não é namibiano. De nascimento, 'infância, juventude e parte da idade adulta', é angolano, mas como emigra, tem dupla nacionalidade e é, assim, namibiano, tb.

O rio Okavango, não é senão o rio Cubango, que nasce no centro de Angola, é o quarto rio mais longo da África Austral, com um percurso de 1.700 km desde o centro de Angola. O seu caudal principal resulta do escoamento de planícies sub-húmidas e semi-áridas da província angolana de Cuito-Cubango, em Angola, cobrindo aqui uma área de 120 000 km², antes de concentrar o seu caudal ao longo fronteira entre Namíbia e Angola. A sua foz é um delta a uma altura de 980 metros , com uma das maiores concentrações de água doce do interior no planeta. Serve, claro, de fronteira entre Namibe ( sul de Angola) e a Namíbia. No delta do Cubango existe a única população de leões nadadores já que, durante as cheias, são obrigados a nadar p/ poder caçar.

Rio Cubango

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
    
Cubango
Uma placa do rio Ovakango, ou Cubango com uma balsa ao fundo.
Comprimento1.700 km
Nascenteserra do Moco
Débito médio475 m³/s
Área da bacia530.000 km²
País(es) Angola, Namíbia, Botswana
O rio Cubango (ou Okavango), é um rio da África austral que faz a fronteira natural entre Angola e a Namíbia, país onde dá nome a uma das suas regiões.
Nasce nos planaltos do interior angolano e corre em direção a sudeste, atravessando a faixa de Caprivi (na Namíbia) para chegar ao maior delta interior do mundo, em Botswana, num pântano com grande interesse ecoturístico, onde se dispersa no deserto do Kalahari, próximo ao pântanos temporários de Makgadikgadi. O delta em si cobre uma superfície entre 15.000km² e 22.000 km² durante as cheias, encontra-se ao norte do país, na região de Ngamiland, com capital em Maun, a 942 m de altitude.
No delta do Cubango existe a única população de leões nadadores; estes se vêem forçados a entrar na água, que durante as enchentes chegam a cobrir o 70% de seu território, para caçar antílopes e impalas
     

Sem comentários: