sexta-feira, 22 de outubro de 2010

HUMOR EM TEMPO DE CRISE - SÓCRATES CONFESSA-SE A CRISTO


Sócrates vai a uma igreja e se ajoelha na frente de Jesus crucificado, rezando:

Sócrates: Jesus, estou totalmente arrependido e gostaria de redimir meus pecados.

Jesus: Esta bem. Que tens feito?

Sócrates: Depois de estes meus anos de governo estou deixando o povo arruinado e na miséria...

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Traí o povo que me deu os seus votos!

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Economizei verbas da Saúde, da Educação, da Segurança, etc. etc., as quais foram encher os bolsos de alguns.

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Comprei carros topo de gama para a Assembleia, para os magistrados e tantos outros.

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Protegi as roubalheiras do Vara, do Godinho, do Rendeiro, do Jardim, do Oliveira Costa e tantos outros.

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Permiti que alarves como o Mexia, Pedro Soares, Zeinal, Coelho, e mais uma mão cheia deles fossem agraciados com chorudos prémios com verbas tiradas do bolso do contribuinte.

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Pus à cabeça dos Ministérios autênticos alarves que só fizeram burricadas na Educação, na Saúde, na Segurança, etc..

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Mancomunei-me com Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, com o Procurador Geral da República e outros tantos biltres da sua igualha, para que dessem cobertura às minhas manigâncias.

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Meti-me naquela alhada dos exames feitos ao Domingo, nas casas lá na Parvónia, no Freeport, na Maddie, nas sucatas, no TGV, na nova ponte, e em outras tantas que não vale a pena enumerar...

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Dei apoio ao Hugo Chavez, o maior bandido da América Latina.

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Mas, Jesus, estou realmente arrependido e a única coisa que Vós tendes para me dizer é: "Dê graças ao Pai"?

Jesus: Sim, agradece ao Pai por eu estar aqui pregado na cruz, porque senão desceria dela para te encher de porrada!

PALESTRA

Maeds convidou-te para o evento PALESTRA "SONHO DE ÍCARO."

PALESTRA "SONHO DE ÍCARO"
Sexta-feira, 12 de Novembro às 21:30
Local: MAEDS- Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal, Av. Luisa Todi nº 162, Setúbal

quem paga a crise (eles comem tudo)

O VIOLINO NO FADO

video

ELES COMEM TUDO E NÃO DEIXAM NADA


Vamos todos reagir perante a actual situação do País

BANDEIRAS NAS JANELAS, COMO FIZEMOS COM A SELECÇÃO PORTUGUESA, MAS EM VEZ DA BANDEIRA PORTUGUESA, BANDEIRAS NEGRAS E ESCREVER NELAS AS PALAVRAS DE ZECA AFONSO "ELES COMEM TUDO E NÃO DEIXAM NADA"

AQUI VÃO 4 VERGONHAS NACIONAIS........ DIVULGA POR FAVOR!!!!! !

Com a nossa permissão, querem-nos tirar o pequeno subsídio de Natal e férias, para equilibrar as contas!!!!!

Façam andar até isto chegar a alguém decente pois o problema não está (só) nos funcionários públicos

Pensionista aos 50
Aos 50 anos de idade e com 20 anos de descontos como Deputado, Marques Mendes acaba de requerer a Pensão a que tem direito (?), no valor mensal vitalício de 2.905 euros mensais.

Contudo, um trabalhador normal tem de trabalhar até aos 65 anos e ter uma carreira contributiva completa durante 40 anos para obter uma reforma de 80% da remuneração média da sua carreira contributiva.

Inapto para o trabalho aos 46
As notícias que dão conta da desumanidade das juntas médicas são manifestamente exageradas. Afinal há quem não se queixe das mesmas.

Em carta enviada ao Público, Paulo Teixeira Pinto (antigo presidente do BCP) indica que passou “à situação de reforma em função de relatório de junta médica”.

Certamente ainda mal refeito da forma como foi corrido do BCP e da Opus Dei, este banqueiro de 46 anos foi considerado inapto para o trabalho. Isto, apesar de já ter arranjado um cargo numa consultora financeira, ter fundado uma nova editora (da qual é presidente) e ter recebido 10 milhões de euros de indemnização pela rescisão do contrato com o BCP (que de resto garantiu serem “apenas a remuneração total referente ao exercício de 2007 " ... 9 , 732 milhões de euros em " compensações " e "remunerações variáveis " .

Estas juntas médicas são as mesmas que recusam reformas a Professores com Cancro.

Com 46 anos, inapto por Junta Médica... mas com uma reforma de 35.000 € mensais...

Perdão fiscal
Numa pequena notícia do Expresso, foi noticiado que prescreveu uma dívida de 700.000,00 Euros, de IRS de António Carrapatoso (figura de proa da Vodafone.)

Porque razão prescreveu esta dívida? Simplesmente porque não se procedeu à sua cobrança coerciva, dado que o contribuinte em causa alegadamente não tem, nem nunca teve, paradeiro conhecido!!!

Falta dizer que este senhor é o mesmo António Carrapatoso que frequentemente aparece nos ecrãs das televisões para entrevistas e comentários, e que defende (não sem um certo sentido de humor) as virtudes do "sistema" em que vivemos e que nos é imposto (pudera!!!!).

E esta é a mesma direcção geral de impostos que penhora contas bancárias porque o contribuinte se atrasou no pagamento do IVA, 1 dia.

Agora expliquem-me lá outra vez porque é que eu tenho a conta penhorada porque não tenho dinheiro para pagar o IVA de serviços que facturei a entidades estatais e que após 3 anos ainda não foram pagas!

Começam a perceber porque é que temos sofrer .

Ajudas de custo e afins
No dia 14 de Janeiro de 2005, no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, durante um Encontro dos Correios de Portugal, os CTT pagaram 19.000 euros a Luís Felipe Scolari por uma palestra de 45 minutos, que teve como tema algo do tipo “Como Fortalecer O Espírito De Grupo”. Afinal parece que o Scolari não é nada burro.

E como se a coisa não fosse já um imoral gasto de dinheiro, ainda foi rematada com o aluguer de dois carros de luxo para o transporte das vedetas.

Mas se pensam que isto é muito, fiquem a saber que no relatório de contas a despesa com a decoração do gabinete e sala de visitas (?) do (na altura) presidente do Conselho da Administração dos CTT, Carlos Horta e Costa, custou a módica quantia de 430.691 euros!

Enquanto presidente Carlos Horta e Costa teve à sua disposição, um Jaguar S Type (com um renda mensal de apenas 50.758 euros) e um Mercedes Benz S 320CDI comprado por 84.000 euros).

A rebaldaria foi tal que o Relatório da Inspecção-Geral das Obras Públicas concluiu haver «claros indícios de má gestão» e «falta de contenção de uma empresa que gere dinheiros públicos». Alguém foi responsabilizado? Algum dinheiro foi devolvido?

Vítor Constâncio governador do Banco de Portugal ganha 272.628 € por ano, ou seja quase 18.200 CONTOS MENSAIS, 14 meses/ano.

Outros ordenados chorudos do Banco de Portugal:

- O Vice-governador, António Pereira Marta - 244.174,00 €/ano

- O Vice-governador, José Martins de Matos - 237.198,00 €/ano

- José Silveira Godinho - 273.700,00 €/ano

- Vítor Rodrigues Pessoa - 276.983,00 €/ano

- Manuel Ramos Sebastião - 227.233 €/ano

E esta é a malta que deixa falir bancos mesmo debaixo do eu nariz.

O Vice-governador, António Pereira Marta até acumula com o seu salário com a uma pensão como reformado.

Aliás, o Vítor Rodrigues Pessoa, também tem uma reforma adicional de 39.101 €/ano e o José Silveira Godinho também acumula com uma pensão do BP, de mais 139.550,00 €/ano

Campos e Cunha, ex-ministro das Finanças recebeu durante os dois meses (leram bem, “MESES!!!) em que esteve no Executivo 4.600 euros mensais de ordenado e uma reforma de 8.000 euros do Banco de Portugal.

Mira Amaral saiu da Caixa Geral de Depósitos (CGD) com uma reforma de gestor 18.000 euros. Na altura acumulava com uma pensão de 1.800 euros, como deputado e 16.000 euros como líder executivo da CGD.

O que me choca não é o valor da reforma. É o facto de Mira Amaral poder auferir desta reforma (paga pelos contribuintes) ao fim de apenas um ano e nove meses!!!!!!

Esta forma aparentemente ligeira como é gasto o dinheiro dos contribuintes é grave pelo acto em si e pelo seu impacto na legitimidade do Estado para impor novas formas de captar receita.

SE NOS MOBILIZAMOS POR DETERMINADAS CAUSAS, PORQUE NÃO POR NÓS PRÓPRIOS?

Por isso eu proponho:

BANDEIRAS NAS JANELAS, COMO FIZEMOS COM A SELECÇÃO PORTUGUESA, MAS EM VEZ DA BANDEIRA PORTUGUESA, BANDEIRAS NEGRAS E ESCREVER NELAS AS PALAVRAS DE ZECA AFONSO "ELES COMEM TUDO E NÃO DEIXAM NADA"

Jaime Santos
Fundador ACC
WISE Observatorium President

ULHT-p405

Fac. C. Sociais e Humanas

Fac. Ciencias Aeronauticas

Investigador-FCT-J555775

Plataforma DeGois-"jsantos"


quinta-feira, 21 de outubro de 2010

NÚMERO ERRADO OU INTUIÇÃO FEMININA?

video

A LEI 2105 DE SALAZAR


Corria o ano de 1960 quando foi publicada no “Diário do Governo” de 6 de Junho a Lei 2105, com a assinatura de Américo Tomaz, Presidente da República e do Presidente do Conselho de Ministros, Oliveira Salazar.
Conforme nos descreve Pedro Jorge de Castro no seu livro “Salazar e os milionários”, publicado pela Quetzal em 2009, essa lei destinou-se a disciplinar e moralizar as remunerações recebidas pelos gestores do Estado, fosse em que tipo de estabelecimentos fosse. Eram abrangidos os organismos estatais, as empresas concessionárias de serviços públicos onde o Estado tivesse participação accionista, ou ainda aquelas que usufruíssem de financiamentos públicos ou “que explorassem actividades em regime de exclusivo”. Não escapava nada onde houvesse, directa ou indirectamente, investimento do dinheiro dos contribuintes.
E que dizia, em resumo, a Lei 2105?
Dizia que ninguém que ocupasse esses lugares de responsabilidade pública podia ganhar mais do que um Ministro.
A publicação desta lei altamente moralizadora ocorreu no Estado Novo de Salazar, vai, dentro de 2 meses, fazer 50 anos. Catorze anos depois desta lei “fascista”, em 13 de Setembro de 1974, o
Governo de Vasco Gonçalves, recém-saído do 25 de Abril, pegou na Lei 2105 e, através do Decreto Lei 446/74, limitou os vencimentos dos gestores públicos e semi-públicos ao salário máximo de 1,5 vezes o vencimento de um Secretário de Estado.
Hoje, ao lermos esta legislação, dá a impressão que se mudou, não de país, mas de planeta, porque isto era no tempo do “fascismo” (Lei 2105) ou do “comunismo” (Dec. Lei 446/74).
Agora, é tudo muito melhor, sobretudo para os reis da fartazana que são os gestores do Estado dos nossos dias.
Não admira, porque mudando-se os tempos, mudam-se as vontades, e onde o sector do Estado pesava 17% do PIB no auge da guerra colonial, com todas as suas brutais despesas, pesa agora 50%. E, como todos sabemos, é preciso gente muito competente e soberanamente bem paga para gerir os nossos dinheirinhos.
Tão bem paga é essa gente que o homem que preside aos destinos da TAP, Fernando Pinto, que é o campeão dos salários de empresas públicas em Portugal (se fosse no Brasil, de onde veio, o problema não era nosso) ganha a monstruosidade de 420.000 €/mês, um ”pouco” mais que
Henrique Granadeiro, o presidente da PT, o qual aufere a módica quantia de 365.000 €/mês. Aliás, estes dois são apenas o topo de uma imensa corte de gente que come e dorme à sombra do orçamento e do sacrifício dos contribuintes, como se pode ver pela lista divulgada recentemente por um jornal semanário, onde vêm nomes sonantes da nossa praça, dignos representantes do
despautério e da pouca vergonha a que chegou a vida pública portuguesa.
Entretanto, para poupar uns 400 milhões nas deficitárias contas do Estado, o governo não hesita em cortar benefícios fiscais a pessoas que ganham por mês um centésimo, ou mesmo 200 e 300 vezes menos que os homens (porque, curiosamente, são todos homens…) da lista dourada que o
“Sol” deu à luz há pouco tempo. Curioso é também comparar estes valores salariais com os que vemos pagar a personalidades mundiais como o Presidente e o VicePresidente dos EUA, os Presidentes da França, da Rússia etc...
Acabemos de vez com este desbragamento, este verdadeiro insulto à dignidade de quem trabalha para conseguir atingir a meta de pagar as contas no fim do mês. Não é preciso muito, nem sequer é preciso ir tão longe como o DL 446 de Vasco Gonçalves, Silva Lopes e Rui Vilar; basta ressuscitar a velhinha, mas pelos vistos revolucionária Lei 2105, assinada há 50 anos por Oliveira Salazar.
Vasco Garcia
Professor Catedrático
PS: Começo a suspeitar que muita desta gente é contra o fascismo salazarista não por razões ideológicas, mas apenas com medo que lhe cortem nos salários. Escudados na democracia, boys dos partidos legalmente promovidos pelo povo anestesiado, ninguém os pode acusar de ladrões. É tudo legal, pois as leis são votadas à vista de todos, com os votos da maioria. No poder tem estado, umas vezes o PS, outras o PSD e outras o CDS coligado. Cada vez nos convencemos mais que a violência dos discursos no parlamento não passa de luta de cães por um naco de carne maior. O povo que se amanhe com os subsídios de desemprego ou com míseros salários.
Eu continuo anti-salazarista por questões ideológicas mas encontro cada vez mais gente a suspirar por vergastadas nas costas destes falsos portugueses.

Pedra Filosofal - Philosopher's Stone

Trova do vento que passa

LIU XIAOBO E A OUTRA CHINA


Após o 4 de Junho de 1989 e à posterior "caça ao dissidente" a elite política chinesa compreendeu que era necessário cooptar os intelectuais e estudantes se quisessem manter o monopólio do poder. Neste sentido, o Partido apresentou aos intelectuais um pacto muito simples: é possível criticar as escolhas políticas do Partido, mas não o seu monopólio do poder. Este pacto foi aceite pela maioria e reflecte aquele que também foi feito com a própria sociedade. Aqui a legitimidade do Partido já não é ideológica mas sim executiva, ou seja, advém da sua capacidade de liderar o crescimento económico. O slogan "não faças perguntas, enriquece" traduz bem este pacto de silêncio. Estado pária logo a seguir ao 4 de junho de 1989 a China foi capaz de, em duas décadas, reverrter a condenação de que foi alvo e tornar-se um actor de peso.
LIU XIAOBO, o professor que voltou do EUA para se juntar aos protestos em TIANANMEN, tem sido aquele que melhor conseguiu articular as propostas reivindicativas. Foi preso várias vezes e, em 2009, foi condenado a 11 anos de prisão por ter sido um dos organizadores daquele que foi o movimento mais coordenado desde 1989: a "CARTA 08". Um documento que surpreendeu Pequim e foi capaz de escapar ao forte controlo da circulação de informação sensível e à censura activa e sistemática da internet. Esta CARTA não é um documento que pede reformas paliativas, vai mais longe e toca em assuntos tabu como a memória de 4 de junho ou a democracia liberal. Pequim sabe que este rémio não é apenas para LIU XIAOBO, é também para todos os críticos como sejam GAO ZHISHENG, HU JIA, HAN DONGFANG OU DING ZILIN. A tortura e a intimidação não têm sido capazes de abafar estas vozes dissonantes da melodia colectiva regida por Pequi. A mensagem deste Prémio é simples: há uma China para lá do milagre económico e do sucesso dos Jogos Olímpicos. Nós é que temos andado distraídos.
(Excertos de um texto de Raquel Vaz-Pinto, publicado no semanário Expresso de 16 de Outubro de 2010)

PRÉMIO NOBEL DA PAZ


"A decisão da atribuição do Prémio Nobel da Paz a Liu Xiaobo é mais um golpe na credibilidade de um galardão que deveria contribuir para a afirmação dos valores da paz, da solidariedade e da amizade entre os povos"
-Comunicado do Partido Comunista Português-

DOIS NOVOS PAÍSES

A dissolução das Antilhas Holandesas, no passado dia 10, originou dois novos países, Curaçau e Saint Maarten, territórios que permanecem, no entanto, integrados no Reino da Holanda. Estas ilhjas ficam com a soberania sobre as receitas fiscais, mas a defesa e a política externa continuam a cargo do Governo holandês. Teoricamente, Curaçau poderá aderir à CPLP, pois tem como língua oficial um crioulo português, o papiamento. Nesta língua, "eu estou bem" diz-se "mi ta bon" e "bom dia" é "bon dia".

PORQUE RAZÃO ESTÃO OS TECNOCRATAS ESTÃO ASSUSTADOS COM O FIM DA U.E.


PARA NOS ASSUSTAREM E NOS MANTEREM CALADOS E QUIETOS, FAZEM CONSTAR QUE SE A U.E. SE DESAGREGAR, A EUROPA VIRARÁ UM CAOS!
Já reparou? Os políticos europeus estão a lutar como loucos para entrar na administração da UE !
E por quê?

Leia o que segue, pense bem e converse com os amigos.
Envie isto para os europeus que conheça!
Simplesmente, escandaloso!

Foi aprovada a aposentadoria aos 50 anos com 9.000 euros por mês para os funcionários da EU!!!. Este ano, 340 agentes partem para a reforma antecipada aos 50 anos com uma pensão de 9.000 euros por mês.

Sim, leu correctamente!

Para facilitar a integração de novos funcionários dos novos Estados-Membros da UE (Polónia, Malta, países da Europa Oriental ...), os funcionários dos países membros antigos (Bélgica, França, Alemanha ..) receberão da Europa uma prenda de ouro para se aposentar.

Porquê e quem paga isto?

Você e eu estamos a trabalhar ou trabalhámos para uma pensão de miséria, enquanto que aqueles que votam as leis se atribuem presentes de ouro.
A diferença tornou-se muito grande entre o povo e os "Deuses do Olimpo!"

Devemos reagir por todos os meios começando por divulgar esta mensagem para todos os europeus.
É uma verdadeira Mafia a destes Altos Funcionários da União Europeia ....

Os tecnocratas europeus usufruem de verdadeiras reformas de nababos ...
Mesmo os deputados nacionais que, no entanto, beneficiam do "Rolls" dos regimes especiais, não recebem um terço daquilo que eles embolsam.
Vejamos! Giovanni Buttarelli, que ocupa o cargo de Supervisor Adjunto da Protecção de Dados, adquire depois de apenas 1 ano e 11 meses de serviço (em Novembro 2010), uma reforma de 1 515 € / mês. O equivalente daquilo que recebe em média, um assalariado francês do sector privado após uma carreira completa (40 anos)..
O seu colega, Peter Hustinx acaba de ver o seu contrato de cinco anos renovado. Após 10 anos, ele terá direito a cerca de € 9 000 de pensão por mês.

É simples, ninguém lhes pede contas e eles decidiram aproveitar ao máximo. É como se para a sua reforma, lhes fosse passado um cheque em branco.

Além disso, muitos outros tecnocratas gozam desse privilégio:
1. Roger Grass, Secretário do Tribunal Europeu de Justiça, receberá € 12 500 por mês de pensão.
2. Pernilla Lindh, o juiz do Tribunal de Primeira Instância, € 12 900 por mês.
3. Damaso Ruiz-Jarabo Colomer, advogado-geral, 14 000 € / mês.
Consulte a lista em:
http://www.kdo-mailing.com/redirect.asp?numlien=1276&numnews=1356&numabonne=62286

Para eles, é o jackpot. No cargo desde meados dos anos 1990, têm a certeza de validar uma carreira completa e, portanto, de obter o máximo: 70% do último salário. É difícil de acreditar ... Não só as suas pensões atingem os limites, mas basta-lhes apenas 15 anos e meio para validar uma carreira completa, enquanto para você, como para mim, é preciso matar-se com trabalho durante 40 anos, e em breve 41 anos.
Confrontados com o colapso dos nossos sistemas de pensões, os tecnocratas de Bruxelas recomendam o alongamento das carreiras: 37,5 anos, 40 anos, 41 anos (em 2012), 42 anos (em 2020), etc. Mas para eles, não há problema, a taxa plena é 15,5 anos... De quem estamos falando?
Originalmente, estas reformas de nababos eram reservadas para os membros da Comissão Europeia e, ao longo dos anos, têm também sido concedida a outros funcionários. Agora eles já são um exército inteiro a beneficiar delas:: juízes, magistrados, secretários, supervisores, mediadores, etc.

Mas o pior ainda, neste caso, é que eles nem sequer descontam para a sua grande reforma. Nem um cêntimo de euro, tudo é à custa do contribuinte ...
Nós, contribuímos toda a nossa vida e, ao menor atraso no pagamento, é a sanção: avisos, multas, etc.
Sem a mínima piedade. Eles, isentaram-se totalmente disso. Parece que se está a delirar!

Esteja ciente, que até mesmo os juízes do Tribunal de Contas Europeu que, portanto, é suposto « verificarem se as despesas da UE são legais, feitas pelo menor custo e para o fim a que são destinadas », beneficiam do sistema e não pagam as quotas.
E que dizer de todos os tecnocratas que não perdem nenhuma oportunidade de armarem em «gendarmes de Bruxelas» e continuam a dar lições de ortodoxia fiscal, quando têm ambas as mãos, até os cotovelos, no pote da compota?
Numa altura em que o futuro das nossas pensões está seriamente comprometido pela violência da crise económica e da brutalidade do choque demográfico, os funcionários europeus beneficiam, à nossa custa, da pensão de 12 500 a 14 000 € / mês após somente 15 anos de carreira, mesmo sem pagarem quotizações... É uma pura provocação!

O objectivo é alertar todos os cidadãos dos Estados-Membros da União Europeia. Juntos, podemos criar uma verdadeira onda de pressão.

Não há dúvida de que os tecnocratas europeus continuam a gozar à nossa custa e com total impunidade, essas pensões. Nós temos que levá-los a colocar os pés na terra.

«Sauvegarde Retraites» realizou um estudo rigoroso e muito documentado que prova por "A + B" a dimensão do escândalo. Já foi aproveitado pelos media.

http://www.lepoint.fr/actualites-economie/2009-05-19/revelations-les-retraites-en-or-des-hauts-fonctionnaires-europeens/916/0/344867

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Mafalda Arnauth - O Mar Fala de Ti

ESTA REPÚBLICA TORNOU-SE UMA MONARQUIA


Cem anos depois do golpe republicano de 5 de Outubro, será esta uma república com bom ambiente?
A República Portuguesa respira ar puro ou os seus pulmões estão enegrecidos pelo nepotismo, pelo favorecimento ilegítimo, pelo tráfico de influências, pelos privilégios e pela corrupção?
Olhando para as práticas, para os titulares de cargos políticos ou para outros membros de órgãos de soberania, para o sector do Estado e para as empresas públicas, verifica-se que o País conservou, quando não recuperou, os piores vícios da monarquia, fazendo da esfíngie republicana uma mera fachada. É paradoxal: os reis constitucionais cultivavam, na rua, a dessacralização do poder. A República, porém, fecha-se nos seus palácios. Nos anos 70 e 80 do século XIX, o rei D. Luiz, pai de D. Carlos, ia todas as tardes ao Rossio, beber a sua ginjinha com os amigos. sozinho e sem segurança. Qualquer súbdito poderia trocar dois dedos de conversa com o rei, que se apresentava no seu grosseiro jaquetão burguês, e trocar com ele umas palmadas nas costas. Hoje, qualquer mísero secretário de Estado passa em carros topo de gama de vidros fumados, alheio à plebe. O ar da República está irrespirável.
Expliquemo-nos: os valores republicanos exaltam a probidade na gestão da coissa pública, a transparência na condução dos negócios do Estado, a frugalidade dos representantes do povo, a proximidade entre eleitos e eleitores. Segundo os valores republicanos, não há subditos, mas cidadãos, tratados em pé de igualdade perante a justiça e a lei.
E o que vemos? A Justiça condena os mais pobres e favorece os mais ricos. Os titulares de cargos públicos são inacessíveis e distantes. Os que vivem do dinheiro do Estado, gestores públicos de empresas deficitárias, deputados, autarcas, administradores, pessoal político de inmstitutos, fundações e autarquias têm direito a prebendas, mordomias, carros, motoristas (coches e cocheiros...).
Quando chegam a um cargo político, raramente voltam à base anterior, porque, à sua espera, logo apartece um lugar, público ou privado, que fará render a sua agenda de conhecimentos e interesses. A República replicou os antigos privilégios e fundou as suas próprias castas. O que esta República criou foram novos "condes, duques, marqueses e barões" que, oriundos dos partidos ou de grandes famílias, funcionam em circuito fechado como a antiga nobreza. Esta república tornou-se uma monarquia.
(Excertos de um texto de Filipe Luís, publicado na Revista Visão em 14 de Outubro de 2010)
PS:
É caricato ouvir, da varanda dos Paços do Concelho, em cada comemoração da revolução de 5 de Outubro, os grandes chefes desta república agitar os velhos valores da república contra a monarquia. Basta de hipocrisia. Todos percebemos já porque os novos aristocratas rejeitam um referendo sobre a monarquia e a república. Medo de perder privilégios. Que fique claro, não sou a favor da monarquia, a favor de castas, mas reconheço que é necessário refundar esta República. Uma República que apodreceu pelo vazio da sua ideologia, pela prenhez das suas injustiças, pelo crime das suas irregularidades, pela sobranceria dos seu chefes, pela cegueira do seu poder, pela surdez com que recusa ouvir os cidadãos. Como salvá-la? Já não é possível! O poder republicano tornou-se cobarde, agarrado ao conceito divino da sua origem. Falta-lhe a coragem para matar o rei.
A Constituição deveria contemplar, no seu articulado, a obrigatoriedade de uma Revolução a cada 20 anos. É que o poder corrompe e para evitar esse cancro só mudando, de forma dolorosa, de protagonistas. Perante tantas evidências é urgente, necessário, recomeçar de novo.
AOC

NÃO BASTA APAGAR O FOGO...


Quem não entende um olhar, muito menos entenderá uma longa explicação..."

Foto da frente de combate ao incêndio que devastou a Austrália.

Esta é uma das imagens mais lindas que já vi. O olhar, o gesto.....maravilhoso! O universo é um só, não importa quem somos. O que nos faz maior ou menor é isso, este gesto que vem da chama que cada um possui acesa dentro de si e que, por vezes, conseguimos libertar.

ONDE SE ESCONDEM OS BOYS DOS PARTIDOS OU COMO CORTAR NA DESPESA DO ESTADO

video

PROVOCAÇÕES A PESSOAS INTELIGENTES


Einstein recebeu uma carta da miss New Orleans que lhe dizia:
" Prof. Einstein, gostaria de ter um filho seu... A minha justificativa baseia-se no facto de eu ser um modelo de beleza, e tendo um filho com o senhor certamente que o garoto teria a minha beleza e a sua inteligência".

Einstein respondeu:
" Querida miss New Orleans, o meu receio é que o nosso filho tenha a sua inteligência e a minha beleza.

*****************************************
Quando Churchill fez 80 anos um repórter com menos de 30 anos foi fotografá-lo e disse:
- Sir Winston, espero fotografá-lo novamente nos seus 90 anos.
Resposta de Churchill:
- Por que não ? Você parece-me bastante saudável.

*****************************************
Telegramas trocados entre o dramaturgo Bernard Shaw e Churchill.
Convite de Bernard Shaw para Churchill:
"Tenho o prazer e honra convidar digno primeiro-ministro para primeira apresentação minha peça Pigmaleão.
Venha e traga um amigo, se tiver."
Bernard Shaw.
Resposta de Churchill: "Agradeço ilustre escritor o honroso convite. Infelizmente não poderei comparecer primeira apresentação. Irei à segunda, se houver."
Winston Churchill.

*****************************************
O General Montgomery estava sendo homenageado, por ter vencido Rommel na batalha de África, na IIª Guerra Mundial.
Discurso do General Montgomery:
'Não fumo, não bebo, não prevarico e sou herói '
Churchill ouviu o discurso e retrucou:
' Eu fumo, bebo, prevarico e sou chefe dele.'

*****************************************
Bate-boca no Parlamento inglês.
Aconteceu num dos discursos de Churchill em que estava uma deputada oposicionista, Lady Astor, que pediu um aparte .
Todos sabiam que Churchill não gostava que interrompessem os seus discursos.
Mas concedeu a palavra à deputada.
E ela disse, alto e bom som:
- Sr. Ministro, se V. Excia. fosse meu marido, colocava veneno no seu chá !
Churchill, lentamente, tirou os óculos, seu olhar astuto percorreu toda a plateia e, naquele silêncio em que todos aguardavam, respondeu:
- Nancy, se eu fosse seu marido, tomaria esse chá com todo o prazer!

MORAL DA HISTÓRIA:
É perigoso provocar pessoas inteligentes!!!

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Joan Sutherland "Casta diva" from "Norma"

Solomon Burke - Everybody Needs Somebody To Love (2003)

O FUTURO PRESIDENTE DO BRASIL


No próximo dia 31 o Brasil vai novamente a votos. O futuro presidente da república depende, cada vez mais, de acordo com as sondagens, na orientação que darão ao seu voto aqueles que votaram, na primeira volta, na ex-seringueira Marina Silva. A candidata do Partido Verde dividiu o eleitorado, retirando à candidata de Lula da Silva a vitória que todos antecipavam , obrigando-a a uma segunda volta. O povo é, por vezes, sábio, calando as arrogâncias do poder. Gostei. E gosto mais ainda da humildade com que Dilma e Serra se declaram verdes até à medula. Mas atenção ao oportunismo, ambos juram intenções que nunca cumprirão. O grande capital não o permitirá. Mais uma vez espero que os eleitores brasileiros sejam sábios na próxima ida às urnas.
Que vença o melhor para Presidente do Brasil. Essa grande nação merece-o!

A MONARQUIA COMUNISTA


Da reunião da cúpula comunista (?) da Coreia do Norte, a 28 de Setembro, saíu a confirmação do novo herdeiro.
Jong-un será o terceiro elemento da família Kim a ascender ao poder. Kim Il-Sung, o "Grande Líder", no poder de 1948 até falecer, em 1949, ainda é, constitucionalmente, "Presidente Eterno". Kim Jon-Il, apesar dos rumores de doença grave, continua "Querido Líder". O mais novo dos Kim já possui, alegadamente, o título de "Camarada Brilhante".
Chamar a este regime ditatorial, a esta dinastia, de comunista, é, no mínimo, ridículo, para não dizer um insulto à memória e aos ensinamentos de Marx e Lenine. São exemplos destes que confundem e negam a ideologia marxista. Aparecerem partidos no Ocidente, que vivem no seio da tolerância democrática, a defender o regime político da Coreia do Norte apenas pode ser distração ou sectarismo ideológico contra os direitos e liberdades ocidentais. Lutar contra os desvarios do grande capital, responsável pela crise em que se atolou o mundo, não passa por defender o "Querido Líder" ou o "Camarada Brilhante", um jovem que é já general de 4 estrelas. A religião é o ópio, o veneno que amordaça povo e o povo norte-coreano vive da veneração dos seus líderes mais do que da liberdade de pensamento.
AOC
video

EXPOSIÇÃO DE HUGO FÉRIA

Inauguração da exposição Pop Again, de Hugo Féria

Local Hotel do Sado- Rua Irene Lisboa, 1-3, Setúbal

AS LÍNGUAS MAIS FALADAS NO MUNDO


O número de línguas faladas no mundo é de aproximadamente 6912, segundo o livro "The Ethnologue: languages of the world". Ao contrário do que muitos pensam o inglês não é o mais falado, porém comercialmente ele é o mais usado. Os números representados abaixo são de falantes nativos, ou seja, pessoas que falam o idioma como primeira língua. A língua portuguesa é a terceira mais falada das línguas do convencionado mundo ocidental.

10º - Alemão -> 110,000,000

A língua alemã está em décimo lugar na lista de idiomas mais falados do mundo, tanto por
nativos, quanto pelo número total de falantes. O alemão é falado principalmente na Alemanha, Áustria, Liechtenstein, na maior parte da Suíça, Luxemburgo, na região italiana do Tirol Meridional e Namíbia. Cerca de 36 outros países, inclusive no sul do Brasil, fala alemão.

9º - Japonês -> 127,000,000

A língua japonesa é o idioma falado no Japão e em outros lugares do mundo onde se encontram comunidades de imigrantes e descendentes de japoneses, ou nikkei. A maior dessas comunidades fora do Japão encontra-se no Brasil, seguida pelas do Peru e dos Estados Unidos. O idioma tem forte presença em países como Havaí, Guam, Ilhas Marshall, Palau, Peru e Taiwan. O japonês usa cinco sistemas de escrita diferentes: romaji, hiragana, katakana, kanji e os algarismos indo-arábicos.

8º - Russo -> 164,000,000

O russo é uma língua eslava, da família indo-europeia. É o idioma oficial da Rússia, Bielorrússia, Geórgia, Agência Internacional de Energia Atómica, Cazaquistão, Quirguistão, Moldávia (Gagáuzia e Transnístria), Turcomenistão, Ucrânia, Organização das Nações Unidas, Rússia e Ásia Central. Falado também no Azerbaijão, Estônia, Geórgia, Israel, Cazaquistão, Quirguistão, Letônia, Lituânia, Moldávia e outros 9 países. É o mais falado dos idiomas eslavos, ocupa o primeiro lugar na lista dos idiomas mais falados na Europa por número de falantes nativos e o oitavo entre as línguas de todo o mundo. O russo é escrito com uma versão moderna do alfabeto cirílico, contendo 33 letras.

7º - Bengali -> 207,000,000

O bengali é a língua oficial de Bangladesh, Índia, estados de Bengala Ocidental e Tripura na Índia. Há também comunidades significativas de falantes de bengali em Assam, estado indiano, além de populações imigrantes no Ocidente e no Oriente Médio.

6º - Português -> 250,000,000

A língua portuguesa é uma língua românica (do grupo ibero-românico), tal como o castelhano, catalão, italiano, francês, romeno e outros. Possui dois padrões reconhecidos internacionalmente, o português brasileiro e português europeu. Os países falante do idioma são: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, Timor Leste, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e em cerca de 17 outros países.

5º - Árabe -> 320,000,000

A língua árabe é empregada em diferentes dialectos do Marrocos ao Iraque. Entre os muçulmanos é considerada uma língua sagrada, já que foi por seu intermédio que o Alcorão foi revelado. A partir de 622 d.C., ano da Hégira (quando Maomé fugiu de Meca e se refugiou em Medina, marcando o início do calendário muçulmano), o árabe se converteu na língua viva mais difundida dentro do tronco das línguas semíticas.

4º - Inglês -> 341,000,000

A língua inglesa é a língua nativa da Austrália, Canadá, EUA, Nova Zelândia, Reino Unido,
Zimbábue, e outros países pequenos. Alguns países como a Irlanda, por exemplo, não tem o idioma como nativo mas é falado por mais de 95% da população.

3º - Espanhol -> 358,000,000

Embora o castelhano (espanhol) seja uma língua principalmente americana, é falada nos seis continentes, embora em alguns de forma quase residual. Na América, é oficial na Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela, mas sua presença também é importante no Belize, Estados Unidos da América. Na África, é oficial em Canárias, Ceuta, Melilha, Guiné Equatorial. Em 11 de julho de 2001, o espanhol (castelhano) foi declarado uma das línguas oficiais da Organização da Unidade Africana (OUA), junto com o árabe, francês, inglês, português e kiSwahili. Na Europa, é oficial na Espanha e se fala também em Andorra e Gibraltar. Núcleos de imigrantes na Alemanha, França, Itália, República Checa e Suíça. É uma das línguas oficiais da União Européia. Na Oceania, é oficial em Ilha da Páscoa (Chile). Núcleos de imigrantes na Austrália. Junto com o inglês é a língua ocidental que possui mais falantes.

2º - Hindi -> 487,000,000

O idioma é falado na Índia, regiões norte e central. Índia é um país populoso, o que faz com o Hindi seja o segundo idioma mais falado do mundo.

1º - Mandarim -> 1,210,000,000

O mandarim é o idioma mais falado do mundo devido a população da China, que ultrapassa 1 bilhão de habitantes. O idioma é falado também em Hong Kong, Indonésia, Macau, Taiwan, Singapura, Malásia, Tailândia, Vietname, Mianmar, Camboja.

Fonte: http://www.multiply.com/

ANJO BRANCO - NOVO ROMANCE DE RODRIGUES DOS SANTOS

A SESSÃO DE LANÇAMENTO DO NOVO LIVRO DE JOSÉ RODRIGUES DOS SANTOS TERÁ LUGAR NO DIA 23 DE OUTUBRO DE 2010, PELAS 17 HORAS, NA SOCIEDADE DE GEOGRAFIA DE LISBOA, NA RUA DAS PORTAS DE SANTO ANTÃO Nº 100, EM LISBOA.
UM LIVRO EDITADO PELA GRADIVA.

OS NOVOS POBRES


"Os novos pobres", um texto do jornalista Manuel Pina

A crise quando chega toca a todos, e eu já não sei se hei-de ter pena dos milhares de homens e mulheres que, por esse país fora, todos os dias ficam sem emprego se dos infelizes gestores do Banco Comercial Português que, por iniciativa de alguns accionistas, poderão vir a ter o seu ganha-pão drasticamente reduzido em 50%, ou mesmo a ver extintos os por assim dizer postos de trabalho.
A triste notícia vem no DN: o presidente do Conselho Geral e de Supervisão daquele banco arrisca-se a deixar de cobrar 90 000 euros por cada reunião a que se digna estar presente e passar a receber só 45 000; por sua vez, o vice-presidente, que ganha 290 000 anuais, poderá ter que contentar-se com 145 000; e os nove vogais verão o seu salário de miséria (150 000 euros, fora as alcavalas) reduzido a 25% do do presidente. Ou seja, o BCP prepara-se para gerar 11 novos pobres, atirando ainda para o desemprego com um número indeterminado de membros do seu distinto Conselho Superior. Aconselha a prudência que o Banco Alimentar contra a Fome comece a reforçar os "stocks" de caviar e Veuve Clicquot, pois esta gente está habituada a comer bem.

O SEXO COMANDA A VIDA

HUMOR EM TEMPO DE CRISE


MAIS UMA VEZ, OS POBRES SÃO OS BOMBOS DA FESTA!
http://sorisomail.com/email/83108/uma-das-melhores-partidas-que-ja-vi-.html

DEPUTADOS - CRISE, QUAL CRISE?


Diário da República nº 28 - I série- datado de 10 de Fevereiro de 2010 - RESOLUÇÃO da Assembleia da República nº 11/2010.

Poderão aceder através do site http://www.dre.pt/

Algumas rubricas do orçamento da Assembleia da Republica
1 - Vencimento de Deputados .................................................12 milhões 349 mil Euros
2 - Ajudas de Custo de Deputados.............................................2 milhões 724 mil Euros
3 - Transportes de Deputados ...................................................3 milhões 869 mil Euros
4 - Deslocações e Estadas .........................................................2 milhões 363 mil Euros
5 - Assistência Técnica (??) .......................................................2 milhões 948 mil Euros
6 - Outros Trabalhos Especializados (??) .................................3 milhões 593 mil Euros
7 - RESTAURANTE,REFEITÓRIO,CAFETARIA..................................961 mil Euros
8 - Subvenções aos Grupos Parlamentares................................................970 mil Euros
9 - Equipamento de Informática ................................................2 milhões 110 mil Euros
10- Outros Investimentos (??) ..................................................2 milhões 420 mil Euros
11- Edificios ...............................................................................2 milhões 686 mil Euros
12- Transfer's (??) Diversos (??)............................................13 milhões 506 mil Euros
13- SUBVENÇÃO aos PARTIDOS na A. R. ........................16 milhões 977 mil Euros
14- SUBVENÇÕES CAMPANHAS ELEITORAIS ..............73 milhões 798 mil Euros

NO TOTAL a DESPESA ORÇAMENTADA para o ANO de 2010, é :

191 405 356,61 (191 Milhões 405 mil 356 Euros e 61 cêntimos)

Ver Folha 372 do acima identificado Diário da República nº 28 - 1ª Série -, de 10 de Fevereiro de 2010.

É VERGONHOSO..., O QUE O POVO TEM DE PAGAR !!!

NÃO SERÁ ALTURA DE CORTAR DE FORMA SUBSTANCIAL, DADA A DIMENSÃO DA CRISE EM PORTUGAL, NOS VENCIMENTOS DOS DEPUTADOS, NAS DESPESAS COM AS SUAS DESLOCAÇÕES, NAS SUBVENÇÕES AOS PARTIDOS (QUE CONTINUAM A GASTAR EM CAMPANHAS ELEITORAIS AQUILO QUE O PAÍS NÃO TEM), NA CAFETARIA?
OU SERÁ QUE ESTES HOMENS CONSIDERAM, TAL E QUAL OS MONARCAS ABSOLUTISTAS, QUE O SEU PODER É DIVINO E POR ISSO INTOCÁVEL?