sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

MANUEL MEDEIROS - LIVRARIA CULSETE - SETÚBAL






Cerimónia no Salão Nobre da Câmara, com muitos admiradoresMANUEL MEDEIROS DOUTORADO HONORIS CAUSA PELA UNISETO livreiro e autor Manuel Pereira Medeiros foi, ontem, homenageado com as insígnias de Doutor Honoris Causa, a mais alta distinção da Universidade Sénior de Setúbal – Uniset. Presentes na cerimónia cultural estiveram muitos admiradores e figuras gradas da cultura, que não regatearam elogios. “Quando vim dos Açores para Setúbal, há 40 anos, mais do que viver em Setúbal, passei a viver com Setúbal.” A expressão é de Manuel Pereira Medeiros, que, em 1973, inaugurou a livraria Culsete, sita na avenida 22 de Dezembro. Na homenagem de que foi alvo, o livreiro, natural da ilha açoriana de S. Miguel, e que recupera de problemas de saúde, optou por ler poesia da sua autoria, e agradecer a recepção que teve na cidade sadina. O livreiro e autor foi homenageado, na tarde de ontem, pela Universidade Sénior de Setúbal, tendo recebido desta instituição a mais alta distinção – Doutor Honoris Causa. A prolongada sessão decorreu no Salão Nobre da Câmara de Setúbal e foi assistida por cerca de 70 pessoas, próximas, amigas ou simplesmente admiradoras do homenageado. Entre as presenças, a sua esposa, Maria de Fátima, e os dois filhos de ambos. Coube ao reitor da Universidade Sénior, abrir a tarde cultural de ontem. Brissos Lino falou com grande distinção de Manuel Pereira Medeiros. “Um cidadão com um percurso de vida muito rico. Um homem com uma formação clássica, que veio da área da Teologia mas muito cedo atraído pelo mundo da área das Letras, dos livros e das ideias, e capaz de lutar pelas suas convicções,” disse.Justificando que a atribuição do mais alto grau honorário da Universidade à qual preside, Brissos Lino lembrou que este micaelense de nascença “fixou-se em Setúbal em 40 anos, tendo fundado a livraria Culsete que sempre divulgou os livros e os autores, assim como promoção e socialização da cultura.” Na sua intervenção, Américo Pereira, em representação do corpo docente e do Senado da Uniset, confessou-se regozijado por ver aprovada por unanimidade a sua sugestão de atribuir tal distinção a Manuel Medeiros. “Numa sociedade em que existe a tendência de se apenas se reconhecer os valores, quando as pessoas partem para o outro mundo, este tipo de iniciativas de reconhecimento têm todo o cabimento,” lembrando Américo Pereira que, “há anos, correu o boato de que Manuel Medeiros tinha morrido…”Onésimo Teotónio de Almeida, açoriano, professor universitário e padrinho do homenageado, falou do seu conterrâneo Manuel Medeiros, ainda nos tempos remotos do outro lado do Atlântico. E realçou o “papel da esposa e amiga” Maria de Fátima, com quem casou em 1978, em cerimónia religiosa presidida pelo então Bispo, D. Manuel Martins. “O valor intelectual e humano deste homem cedo despontou nos Açores, quer enquanto dirigente associativo jovem, seminarista e sacerdote, mas acabou por ser o amor pelo livros e pela escrita a falar mais alto,” disse, passando em revista o percurso do homenageado por iniciativa da Universidade Sénior de Setúbal. LIVRARIA O setubalense e professor universitário Viriato Soromenho Marques foi outra presença na tarde de ontem, no Salão Nobre da Câmara de Setúbal, entidade que, em 1999 atribuiu a Medalha de Honra, Classe Cultura, a Manuel Medeiros. “Este homem fez da sua vida uma obra, e eu tive o privilégio de muito ter apreendido com ele,” recordando os consecutivos anos em que ele, e a sua livraria, “levaram os livros e a cultura à Feira de Sant´Iago”, bem como as inúmeras sessões culturais na Culsete, com as presenças de personalidades nacionais da vida cultural. Viriato Soromenho não tem reticências em afiançar ser “difícil encontrar outro livreiro com a dedicação, sapiência e dedicação” de Manuel Medeiros. Teodoro João

CORAL LUISA TODI - CONCERTO DE NATAL


Olá amigos,


Agradeço que divulguem pelos vossos contactos esta informação do Coral Luísa Todi e não deixem de assistir ao concerto.


Obrigado
Osvaldo Picoito

É já na próxima semana que o Coral Luísa Todi e a Banda de Música da Humanitária se juntam para oferecer a Setúbal e Palmela dois Concertos de Natal.

O Concerto de Setúbal está agendado para o dia 17, na Igreja de S. Sebastião e o Concerto de Palmela terá lugar no dia seguinte, na Igreja de S. Pedro. Ambos os Concertos terão início às 21:30 horas.

A peça principal deste Concerto é a Missa Brevis, de Jacob de Hann, interpretada conjuntamente pela Banda e Coral na 2ª parte dos Concertos. Como habitualmente, o Coral Luísa Todi será dirigido pela Maestrina Gisela Sequeira e a Banda da Humanitária pelo Maestro João Paulo Quítalo.

Nestes Concertos participarão ainda o Coral Infantil Luísa Todi, dirigido pela Maestrina Ana Gato, o tenor Marcos Santos e o pianista Paulo Tavares.

Coral Luisa Todi
Rua Carlos Ferreira, 15
2900 - 025 Setúbal

Telef/fax 265 57 21 90
coralluisatodi@gmail.com - www.coralluisatodi.org

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

CIÊNCIA - NÃO VEIO NA BOLA, NEM NO RECORD, TAMPOUCO NO CORREIO DA MANHÃ


Luísa Figueiredo vence Installation Grant da EMBO 2010-12-06


Por Marlene Moura

A Organização Europeia de Biologia Molecular (EMBO) anunciou a eleição de seis novos membros e a portuguesa Luísa Figueiredo, do Instituto de Medicina Molecular (IMM), em Lisboa, é um deles – vencendo uma Installation Grant da EMBO.

Depois do Prémio Crioestaminal, a investigadora é galardoada com este prestigiante título que se traduz num total de 150 mil euros, atribuídos durante três anos, com a possibilidade de uma extensão de 100 mil euros para mais dois anos, a ser aplicado na investigação que a cientista coordena na unidade de Genética Molecular de Parasitas.

“Fiquei muito contente não só com o valor do projecto, como é de esperar, mas também por poder adquirir equipamentos que permitirão realizar experiências mais audazes e, evidentemente, por poder fazer parte da EMBO – que é uma associação de grande prestígio e integra os cientistas mais conceituados, ou seja, um conjunto de pessoas que fazem investigação de ponta a nível europeu”, exclamou a investigadora do IMM ao «Ciência Hoje».Luísa Figueiredo passará também a integrar o EMBO Young Investigator Programme, uma rede de jovens cientistas que fomenta e apoia colaborações científicas entre os membros, e à qual já pertencem outros investigadores do IMM, como Bruno Silva Santos (primeiro português a vencer uma Installation Grant em 2006 e recentemente eleito Young Investigator da EMBO) e o também subdirector do jornal «Ciência Hoje», Tiago Outeiro (vencedor de uma Installation Grant em 2008).

O trabalho de Luísa Figueiredo cruza dois campos de investigação: o da parasitologia e o da epigenética. A equipa liderada pela investigadora utiliza técnicas de biologia molecular e celular para estudar os mecanismos que controlam os genes necessários à virulência do parasita responsável pela Doença do Sono, o Trypanosoma brucei. Este é um trabalho de investigação básica que visa ajudar à compreensão dos mecanismos que controlam a virulência de parasitas nocivos aos seres humanos, como o parasita da Doença do Sono. Os resultados poderão permitir que, no futuro, se identifiquem potenciais alvos terapêuticos contra este parasita.

Segundo a investigadora, “o objectivo é perceber como é que este parasita consegue ‘fugir’ às defesas imunitárias” – resiste no organismo humano por estar revestido de capas compostas por proteínas, e que vai trocando periodicamente. “Perceber a genética e identificar os factores que controlam a mudança de capa abre portas para conseguirmos chegar aos alvos terapêuticos”, explica ainda. O financiamento irá permitir maior investimento no projecto.

Luísa Figueiredo

Luísa Figueiredo é Bioquímica e licenciou-se na Universidade do Porto. Posteriormente, realizou o doutoramento no Instituto Pasteur, em Paris, onde estudou a importância dos telómeros no parasita da malária. O seu pós-doutoramento foi desenvolvido no laboratório de George Cross na Rockefeller University em Nova Iorque, onde estudou o parasita tripanossoma Africano, que causa a Doença do Sono. A sua investigação focou-se no papel das modificações de histonas e dos telómeros na regulação de genes essenciais à virulência do parasita.

Em 2010, Luísa Figueiredo regressou a Portugal graças ao Programa Ciência da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). O seu jovem grupo, constituído por quatro pessoas, tem como objectivo estudar os mecanismos moleculares que controlam a variação antigénica e foi já distinguido com financiamento europeu Marie Curie, da FCT, da Fundação Calouste de Gulbenkian, do Prémio Crioestaminal e agora da EMBO.
“A EMBO é uma das organizações científicas mais prestigiantes da Europa e pertencer a esta associação é uma grande honra e, ao mesmo tempo, uma grande responsabilidade. Esta bolsa é uma recompensa pelo meu trabalho passado e uma aposta nos projectos futuros da minha equipa", continuou. Para Luísa Figueiredo, este tipo de iniciativa só prova que "podemos fazer ciência em Portugal ao nível de qualquer outro país e que as instituições europeias mostram que acreditam nisso".

EMBO Installation Grants

WIKILEAKS - ABRIRAM A CAIXA DE PANDORA


Guebuza terá recebido até 50 milhões com Cahora Bassa


http://www.diariodigital.pt/news.asp?section_id=10&id_news=482838

O Presidente da República de Moçambique terá recebido uma comissão entre 35 e 50 milhões de dólares no negócio da compra da Hidroeléctrica Cahora Bassa a Portugal, revelou o portal Wikileaks, citando telegramas da embaixada dos EUA em Maputo.

Nzuá Milhazes

galiza livre

Uxía - Alalá das Mariñas

O CRESCIMENTO DA CIÊNCIA EM PORTUGAL


O CRESCIMENTO DA CIÊNCIA EM PORTUGAL É O MAIOR DA EUROPA

O crescimento dos indicadores da ciência e, Portugal "é o maior da Europa" e nos países da OCDE só há um caso semelhante: a Coreia do Sul, há cerca de uma década, afirmou Mariano Gago ao Expresso. O ministro da Ciência falava a propósito dos resultados do último Inquérito ao Potencial Científico e Tecnológico Nacional. Há alguns meses, Mariano Gago esteve num seminário interno da OCDE em Paris que examinou a situação da ciência nos países membros, onde se analisou precisamente como foi possível Portugal evoluir tão depressa.


Os números falam por si: o investimento total do país em investigação e desenvolvimento (I&D) mais do que duplicou entre 2005 e 2009; a despesa das empresas quase triplicou desde 2005; as exportações das cem empresas que mais investiram em I&D em 2008 cresceu a uma quase quatro vezes superior às exportações do conjunto da economia; e o número de investigadores aumentou 46% só em 2008.

BOAS NOTÍCIAS


ENQUANTO GESTORES PÚBLICOS, AUTARCAS, POLÍTICOS, PRESIDENTES DAS REGIÕES AUTÓNOMAS DA MADEIRA E AÇORES, E OUTROS EXTRAVAGANTES E MISTERIOSOS DEPENDENTES DO ORÇAMENTO DE ESTADO SE DIVERTEM A DESBARATAR O DINHEIRO DOS CONTRIBUINTES, HÁ CIDADÃOS QUE COM TENACIDADE SE DEDICAM A UM TRABALHO EXIGENTE, HONESTO E PROFÍCUO. ESTOU A FALAR DOS CIENTISTAS PORTUGUESES.


"ALÉM DOS DOIS PRÉMIOS RECEBIDOS POR CAETANO REIS E SOUSA, BRUNO SILVA SANTOS, DO INSTITUTO DE MEDICINA MOLECULAR, EM LISBOA, FOI CONSIDERADO UM DOS 21 JOVENS INVESTIGADORES MAIS TALENTOSOS DA EUROPA PELA ORGANIZAÇÃO EUROPEIA DE BIOLOGIA MOLECULAR, TENDO OBTIDO UM FINANCIAMENTO DE 45.000 EUROS. E JOSÉ SANDE LEMOS, ASTROFÍSICO DO DEPARTAMENTO DE FÍSICA DO INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO, FOI DISTINGUIDO COMO OUTSTANDING REFEREE PELA "PHYSICAL REVIEW" DA SOCIEDADE AMERICANA DE FÍSICA. O PRÉMIO VITALÍCIO DISTINGUE CIENTISTAS QUE, ATRAVÉS DO PROCESSO DE ARBITRAGEM DE ARTIGOS, DERAM UMA CONTRIBUIÇÃO EXCEPCIONAL PARA MANTER E ELEVAR OS PADRÕES DA FAMOSA REVISTA".

(notícia publicada no Expresso de 27 de Novembro de 2010)

É CASO PARA DIZER AOS SENHORES QUE NOS GOVERNAM: CHEGA DE DEMAGOGIA, PONHAM OS OLHOS NESTES JOVENS E APRENDAM COM ELES.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Uxia - Verdes São Os Campos

PERSEGUIÇÃO DRAMÁTICA


Extraordinariamente bem filmado e com uma beleza estonteante.

Quero lá saber como filmaram aquilo, Filmaram e pronto.

Indescritível! Não consigo imaginar como eles puderam filmar toda a sequência da perseguição. Um cougar nas frias montanhas avista um filhote de urso. E aí começa uma perseguição implacável. O final é dramático, mas com direito a uma surpresa ...
Atentem para que o som esteja ligado em pleno volume, porque o áudio do vídeo é fundamental para dar realismo às cenas!

http://www.flixxy.com/game-of-survival.htm

HUMOR EM TEMPO DE CRISE


AGUERRA ENTRE PORTUGAL E ESPANHA CONTINUA!!!

Um francês, um espanhol e um português estão de visita à Arábia Saudita e resolvem beber umas doses de whisky, quando a policia aparece e os prende.

A simples posse de bebida alcoólica é uma ofensa grave na Arábia Saudita e os três são sentenciados à morte, num julgamento sumário.

Entretanto, após vários meses e com a ajuda de bons advogados, estes conseguem que a sentença de morte seja transformada em prisão perpétua.

Por um capricho da sorte, no aniversário da Arábia Saudita, o benevolente Sheik resolve abrandar ainda mais a pena e decreta que os mesmos poderão ser libertados após receberem 20 chibatadas cada.

Quando eles se estão a preparar para a punição, o Sheik anuncia:

Hoje é o aniversário de minha esposa, e ela pediu-me para permitir a cada um de vocês um desejo antes da punição."

O Francês foi o primeiro da fila, pensou um pouco e pediu:

"Por favor, amarrem 2 travesseiros nas minhas costas". Assim foi feito,mas os travesseiros só duraram 10 chibatadas antes de completar a punição e quando tudo terminou ele teve que ser carregado, sangrando e com muitas dores.

O espanhol, esperto como sempre, viu o que tinha acontecido e sendo o segundo, pediu: -"Por favor, amarrem 4 travesseiros nas minhas costas". Porém, mesmo assim, após 15 chibatadas os travesseiros não suportaram e o espanhol foi levado a sangrar e maldizendo o acontecido.

O português foi o último e antes que pudesse dizer o seu pedido, foi interrompido pelo Sheik: -"Você é de um país belíssimo. Eu adoro Portugal e vou conceder-lhe 2 pedidos antes da punição.

-"Obrigado, sua Alteza", disse o Português. "Em reconhecimento da sua bondade, o meu primeiro desejo é que eu receba 100 chibatadas e não 20 como previsto, pois eu sinto-me culpado pelo sucedido".

Ao que o Sheik respondeu: -"Além de ser um homem honrado e gentil, o senhor é também um homem corajoso! Que assim seja! Mas e seu segundo pedido?", perguntou o Sheik.

Ao que o Português respondeu: -"Quero que amarrem o espanhol às minhas costas" !

O ESTADO AFUNDADO


O ESTADO AFUNDADO

Estamos num tempo em que os poderes públicos estão nas mãos de fanáticos oportunistas e trapaceiros que nem se dão ao cuidado de disfarçar os seus verdadeiros propósitos de assalto aos dinheiros do Estado. Sob a capa de eleitos políticos, praticam os mais sórdidos actos de pirataria e envolvem-se nas mais sofisticadas engrenagens do crime e da corrupção. É tamanha a vontade de desmantelar os pilares dos valores éticos e os meios de fiscalização que nem se dão conta da vigilância popular. Os apetites devoradores da sociedade de direito cega-os de tal maneira que nem se apercebem que se estão a afundar no reino da estupidez do bacoco deslumbramento das ideias patéticas que vão aniquilando os alicerces da sociedade com direitos e deveres.
Estamos num tempo em que temos dificuldade em saber onde acaba a devassa dos bens públicos e começa o assalto despudorado dos parasitas com poder na gestão das coisas públicas. O desastre das políticas dos últimos anos conduz o país para a miséria e atira muitos milhares de famílias para situações angustiantes e perigosas no âmbito da saúde mental. Estamos fartos dos vilões que se instalaram na política só para roubar e delapidar o erário público. O dinheiro descontado para a Segurança Social destinado à capitalização e garantia de pensões de reforma dignas também foi mal gasto e deixou muita gente com o futuro incerto.
Começa a tornar-se perigoso o raciocínio com sentido crítico e livre, como forma de oposição firme contra os desmandos da política agressiva e cega contra os contribuintes que suportam as contas públicas. A persistência na política desagregadora dos princípios básicos duma sociedade organizada para garantir a melhoria da vida dos cidadãos, bem como o esbanjamento dos recursos financeiros em empresas e instituições inúteis à organização do Estado, tem conduzido o país ao desmantelamento dos meios de produção e de bens exportáveis, retirando o ganha pão a muitos milhares de trabalhadores, ao mesmo tempo que as instituições sociais deixam de garantir os meios de sobrevivência aos que descontaram anos e anos na perspectiva de terem uma velhice mais sossegada e feliz.
No caminho que as coisas apontam, o futuro apresenta-se muito sombrio para muitos milhões de bons portugueses.

Joaquim Coelho, contribuinte desde 1953

AS RELAÇÕES ENTRE PORTUGAL E ANGOLA


Na Wikipedia lê-se:

"Os habitantes de Angola são, em sua maioria, negros (90%), que vivem ao lado de 10% de brancos e mestiços. A maior parte da população negra é de origem banta, destacando-se os quimbundos, os bakongos e os chokwe-lundas, porém o grupo mais importante é o dos ovimbundos. No Sudoeste existem diversas tribos de boximanes e hotentotes. A densidade demográfica é baixa (8 habitantes por quilometro quadrado) e o índice de urbanização não vai além de 12%. Os principais centros urbanos, além da capital, são Huambo (antiga Nova Lisboa), Lobito, Benguela, e Lubango (antiga Sá da Bandeira). Angola possui a maior taxa de fecundidade (número de filhos por mulher) e de mortalidade infantil do mundo. Apesar da riqueza do país, a sua população vive em condições de extrema pobreza, com menos de 2 dólares americanos por dia."

O recente entusiasmo que acometeu as autoridades governamentais e os poderes fáticos portugueses relativamente ao "milagre angolano" (crescimento na ordem dos 21% ao ano) merece assim maior reflexão e, sobretudo, alguma ética de pensamento.

Os fundos comunitários europeus aproximam-se do fim. Os portugueses, entretanto, não foram capazes de preparar o país para o futuro difícil que se aproxima. São muito pouco competitivos no contexto europeu. As suas elites políticas, empresariais e científicas são demasiadamente fracas e dependentes do estado clientelar que as alimenta e cuja irracionalidade por sua vez perpetuam irresponsavelmente, para delas se poder esperar qualquer reviravolta estratégica.


Quem sabe fazer alguma coisa e não pertence ao bloco endogâmico do poder vai saindo do país para o resto de uma Europa que se alarga, suprindo necessidades crescentes de profissionais nos países mais desenvolvidos (que por sua vez começam a limitar drasticamente as imigrações ideologicamente problemáticas): Espanha, Alemanha, Luxemburgo, Suíça, Reino Unido, Holanda, Dinamarca, Noruega... No país chamado Portugal vão assim ficando os velhos, os incompetentes e preguiçosos, os indecisos, os mais fracos, os ricos, os funcionários e uma massaamorfa de infelizes agarrados ao futebol e às telenovelas, que mal imaginam a má sorte que os espera à medida que o petróleo for subindo dos 60 para 100 dólares por barril, e destes para os 150, 200 e por aí a fora...

A recente subida em flecha do petróleo e do gás natural (mas também do ouro, dos diamantes e do ferro) trouxe muitíssimo dinheiro à antiga colônia portuguesa. Seria interessante saber que efeitos esta subida teve na conta bancária do Sr. José Eduardo dos Santos. E que efeitos teve, por outro lado, nas estratégias de desenvolvimento do país. O aumento da atividade de construção já se sente no deprimido sector de obras e engenharia português. As empresas, os engenheiros e os arquitectos voam como aves sedentas de Lisboa para Luanda. É natural que o governo português, desesperado com a dívida... E com a sombra cada vez mais pesada dos espanhóis pairando sobre os seus sectoreseconómicos estratégicos, se agarre a qualquer aparente tábua de salvação. E os princípios? E a legalidade?

Se a saída do ditador angolano estiver para breve, ainda se poderá dizer que a estratégia portuguesa é, no fundo, uma estratégia para além de José Eduardo dos Santos. Mas se não for assim, e pelo contrário viermos a descobrir uma teia de relações perigosas ligando a fortuna ilegítima de José Eduardo dos Santos a interesses e instituições sediados em Lisboa, onde fica a coerência de Portugal? Micheline Calmy-Rey, ministra suíça dos Negócios Estrangeiros, veio lembrar a todos os europeus que tanto é ladrão o que rouba como o que fica à espreita ou cobra comissões das operações criminosas."

Nzuá Milhazes

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

UXÍA - Túa nai é meiga

OBRAS DO PINTOR NUNO DAVID





HUMOR EM TEMPO DE CRISE


Um alentejano anda a regar a horta.

Começa a chover, mas ele continua a regar.

Passa um vizinho, que lhe pergunta:

- Atão compadri, está a choveri e vocemecê continua a regari?

Responde o agricultor:

- Ê cá nã preciso de favores de ninguém!!!!

A FACE OCULTA DE ARMANDO VARA


Como é que um "HOMEM" destes, que parece ser um dos arguidos da "Face Oculta", se pode ausentar do pais?

Deve ser milagre ou então estão todos cegos em PORTUGAL!

QUEM TEM PADRINHO NUNCA MORRE MOURO!...

Angola e Moçambique vão abrigar mais um . . .SUSPEITO!!!

TOMEM CUIDADO OU AINDA FICAM MAIS POBRES.

Leia aqui: http://www.angonoticias.com/full_headlines_.php?id=28764

Ladysmith Black Mambazo "The Lion Sleeps Tonight"

Guang Dong - Pas de deux - LE PLUS GRAND CABARET DU MONDE

HOSPITAIS PRIVADOS E OS INTERNAMENTOS DE URGÊNCIA


Lei sobre o depósito de valores em clínicas privadas antes do internamento

Para ler e divulgar!

O Hospital da Luz exigiu 2000€ a uma pessoa para ser internada de urgência!
SAÚDE: Lei Sobre o Depósito de Valores nas Clínicas Privadas, Antes do Internamento.
Foi publicada no DIÁRIO DA REPÚBLICA em 09/01/02, a Lei nº 3359 de 07/01/02, que dispõe:
Art.1° - Fica proibida a exigência de depósito de qualquer natureza, para possibilitar internamento de doentes em situação de urgência e emergência, em hospitais da rede privada.
Art 2° - Comprovada a exigência do depósito, o hospital será obrigado a devolver em dobro o valor depositado, ao responsável pelo internamento.
Art 3° - Ficam os hospitais da rede privada obrigados a dar possibilidade de acesso aos utentes e a afixarem em local visível a presente lei.
Art 4° - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Uma lei como esta, que deveria ser divulgada, está praticamente escondida da população! E isso vem desde 2002. Estamos em 2010...!!!

CONSUMIR PRODUTOS NACIONAIS


CONSUMIR PRODUTOS PORTUGUESES DIMINUI DESEMPREGO

Estima-se que, se cada português consumir 150€ de produtos nacionais por ano, a economia cresce acima de todas as estimativas e, ainda por cima, cria novos postos de trabalho. Dê preferência aos produtos de fabrico Português. Se não sabe quais são, verifique no código de barras. Todos os produtos produzidos em Portugal começam por 560. Vale a pena pensar nisto e agir em conformidade.

Eis o que não se deve fazer: «O Zé, depois de dormir numa almofada de algodão (Made in Egypt),começou o dia bem cedo, acordado pelo despertador (Made in Japan) às 7da manhã. Depois de um banho com sabonete (Made in France ) e enquanto o café (importado da Colômbia) estava a fazer na máquina (Made in Chech Republic ), barbeou-se com a máquina eléctrica (Made in China). Vestiu uma camisa (Made in Sri Lanka), jeans de marca (Made in Singapore) e um relógio de bolso (Made in Switzerland). Depois de preparar as torradas de trigo (produced in USA na sua torradeira(Made in Germany ) e enquanto tomava o café numa chávena (Made in Spain ), pegou na máquina de calcular (Made in Korea ) para ver quanto é que poderia gastar nesse dia e consultou a Internet no seu computador (Made in Taiwan) para ver as previsões meteorológicas. Depois de ouvir as notícias pela rádio (Made in India), ainda bebeu um sumo de laranja (produced in Israel) , entrou no carro Saab (Madein Sweden) e continuou à procura de emprego. Ao fim de mais um dia frustrante, com muitos contactos feitos atravésdo seu telemóvel (Made in Finland ) e, após comer uma pizza (Made in Italy), O Zé decidiu relaxar por uns instantes. Calçou as suas sandálias (Made in Brazil), sentou-se num sofá (Made in Denmark), serviu-se de um copo de vinho (produced in Chile), ligou aTV (Made in Indonesia) e pôs-se a pensar porque é que não conseguia encontrar um emprego em PORTUGAL».

OS MIÚDOS DE MOÇAMBIQUE


Tiram a bola aos putos, mas eles fazem uma nas calmas.

MOÇAMBIQUE

Este filme está divinal

http://www.youtube.com/watch?v=ErYcScPcaHg

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

CARLOS DO CARMO HOMEM DAS CASTANHAS

PORTUGUESES,ENVIEM A VOSSA MENSAGEM PARA O SÍTIO CERTO


Façam como eu, incluam ESTA GENTE na vossa lista de distribuição, pois eles é que são os visados.

Recebo muitos mails, disto e daquilo, que o País vai mal, que fulano isto, que sicrano aquilo....

Já pensaram em enviá-los às pessoas certas?
Contactos:

- Presidência da República: belem@presidencia.pt

- Primeiro-Ministro: pm@pm.gov.pt

- Ministro das Finanças: gab.mf@mf.gov.pt

- Presidente da Assembleia da República: gabpar@ar.parlamento.pt

- Grupo Parlamentar do PS: gp_ps@ps.parlamento.pt

- Grupo Parlamentar do PSD: gp_psd@psd.parlamento.pt

- Grupo parlamentar do PP: gp_pp@pp.parlamento.pt

- Grupo Parlamentar do BE: bloco.esquerda@be.parlamento.pt

- Grupo Parlamentar do PCP: gp_pcp@pcp.parlamento.pt

- Grupo Parlamentar d'Os Verdes: PEV.correio@pev.parlamento.pt

LISBOA, UMA DAS MAIS BELAS CIDADES

video

MORDOMIAS PARTIDÁRIAS


MAIS UM FAMILIAR DE SÓCRATES A MAMAR NA PORCA DA REPÚBLICA ( Vá povo, não desanimem é só mais um esforço! )

Cunhada de Sócrates é assessora na EPAL
A EPAL, empresa pública tutelada pelo Ministério do Ambiente, contratou em Junho deste ano, já em plena derrapagem das contas públicas, a cunhada do primeiro-ministro para assessora do conselho de administração. A admissão de Mara Mesquita Carvalho Fava, irmã de Sofia Fava (ex-mulher de José Sócrates), nos quadros da EPAL ocorreu após quase dois anos como trabalhadora da empresa a recibos verdes. A cunhada de José Sócrates terá um salário mensal bruto de 2103 euros, acrescido de 21,5% do ordenado por isenção de horário de trabalho.

O ingresso de Mara Fava nos quadros da EPAL foi revelado pelo próprio jornal da empresa: na edição de Junho de 2010 do 'Águas Livres', na coluna Movimento de Pessoal, indica-se que foram admitidas Mara Fava e Mariana Barreto Dias de Castro Henriques, mulher de Jorge Moreira da Silva, ex-secretário de Estado do Ambiente, ex-consultor do Presidente da República e vice-presidente do PSD.

A Comissão de Trabalhadores, em resposta ao CM, assume que o assunto "é falado entre os trabalhadores da EPAL e em termos nada abonatórios para os envolvidos directa ou indirectamente na sua admissão, assim como para a justificação do vencimento mais isenção de horário de trabalho".


COMENTÁRIO: Assessora de um assessor!!!! looooooooooooooool 2103€ + 452€ (21,5%) = 2555€ por mês!!! Para quem era precária....de um momento para o outro não é nada mau
É para isto que servem os Institutos Públicos, Empresas Municipais, Fundações..
Eis a razão porque não as extinguem. É aqui que é roubado o nosso dinheiro para dar aos parasitas da partidocracia.

Depois dizem que não há onde cortar despesas! E que são necessários mais impostos e mais impostos.......
Aguentem saloios !!!!!!!!!!!!!!!
Aguentem pacóvios !!!!!!!!!!!!

COMISSÃO EUROPEIA


Assunto: Concursos abertos na Comissão Europeia

Aos interessadas (os)

http://europa.eu/epso/apply/news/news70_fr.htm

http://europa.eu/epso/apply/news/news67_fr.htm


Para mais informações consultem

JÁ DEMOS ESTA NOTÍCIA, MAS CONVÉM RECORDAR AS VIGARICES QUE FAZEM OS POLÍTICOS PORTUGUESES


Os políticos iam diminuir os vencimentos deles em 15%, não iam?

Os políticos estão cada vez mais refinados e cínicos na maneira de nos tentarem enganar!

Iam diminuir os seus vencimentos em 15%, não iam?

Pois iam, para inglês ver. Mas agora, no Orçamento, aumentaram-se em 20% nas despesas de representação e assim compensam aquele "sacrifício". Um truque tão antigo que é um escândalo. Mas passa sempre, porque as pessoas não se dão ao cuidado de pedir contas.

Estes tipos ainda ficam a ganhar mais 5%!!!
E NÓS, NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES, PORTUGUESES INGÉNUOS, AINDA VAMOS VOTAR NELES!


Enquanto isso 102 emissoras de rádio discutem futebol na hora do almoço e a Fátima Lopes entretém as donas de casa.


VOTA EM BRANCO!

VARRER PORTUGAL DO LIXO DOS PARASITAS


Ao ponto a que se chegou!


Por cada reunião do conselho de administração das cotadas do PSI-20, os administradores não executivos - ou seja, sem funções de gestão - receberam 7427 euros. Segundo contas feitas pelo DN, tendo em conta os responsáveis que ocupam mais cargos deste tipo, esta foi a média de salário obtido em 2009. Daniel Proença de Carvalho, António Nogueira Leite, José Pedro Aguiar-Branco, António Lobo Xavier e João Vieira Castro são os "campeões" deste tipo de funções nas cotadas, sendo que
o salário varia conforme as empresas em que trabalham.

Proença de Carvalho é o responsável com mais cargos entre os administradores não executivos das companhias do PSI-20, e também o mais bem pago. O advogado é presidente do conselho de administração da Zon, é membro da comissão de remunerações do BES, vice-presidente da mesa da assembleia geral da CGD e presidente da mesa na Galp Energia.
E estes são apenas os cargos em empresas cotadas, já que Proença de Carvalho desempenha funções semelhantes em mais de 30 empresas.
Considerando apenas estas quatro empresas (já que só é possível saber a remuneração em empresas cotadas em bolsa), o advogado recebeu 252 mil euros. Tendo em conta que esteve presente em 16 reuniões, Proença de Carvalho recebeu, em média e em 2009, 15,8 mil euros por reunião.

O segundo mais bem pago por reunião é João Vieira Castro (na infografia, a ordem é pelo total de salário). O advogado recebeu, em 2009, 45 mil euros por apenas quatro reuniões, já que é presidente da mesa da assembleia geral do BPI, da Jerónimo Martins, da Sonaecom e da Sonae Indústria. Segue-se António Nogueira Leite, que é administrador não executivo na Brisa, EDP Renováveis e Reditus, entre outros cargos. O economista recebeu 193 mil euros, estando presente em 36 encontros destas companhias. O que corresponde a mais de 5300 euros por reunião.

O ex-vice presidente do PSD José Pedro Aguiar-Branco é outro dos "campeões" dos cargos nas cotadas nacionais. O advogado é presidente da mesa da Semapa (que não divulga o salário do advogado), da Portucel e da Impresa, entre vários outros cargos. Por duas AG em 2009, Aguiar-Branco recebeu 8080 euros, ou seja, 4040 por reunião.

Administrador não executivo da Sonaecom, da Mota-Engil e do BPI, António Lobo Xavier auferiu 83 mil euros no ano passado (não está contemplado o salário na operadora de telecomunicações, já que não consta do relatório da empresa). Tendo estado presente em 22 encontros dos conselhos de administração destas empresas, o advogado ganhou, por reunião, mais de 3700 euros.

Apesar de desempenhar apenas dois cargos como administrador não executivo, o vice-reitor da Universidade Técnica de Lisboa, Vítor Gonçalves, recebeu mais de 200 mil euros no ano passado. Membro do conselho geral de supervisão da EDP e presidente da comissão para as matérias financeiras da mesma empresa, o responsável é ainda administrador não executivo da Zon, tendo um rácio de quase 5700 euros por reunião. dn.pt, 16 Abril



Nota: não haverá por acaso qualquer ligação entre isto, o "déficit", e a situação de total descalabro do país? Se estes senhores são tão bons para ganharem tanto dinheiro só para assistirem a reuniões e manifestarem as suas opiniões, como pode o país destes senhores encontrar-se no estado em que se encontra? Qual é o real valor, a credibilidade e o reconhecimento internacional destes senhores tão bem pagos e que andam há tantos anos "por aí" na vida política e empresarial portuguesa? (estas "dúvidas" estendem-se aos administradores executivos que sempre farão um pouco mais que assistir a reuniões e mandar "palpites"... e por isso sempre ganharão um pouco mais)

É urgente varrer este País...

ISLÂNDIA - O BOM EXEMPLO QUE VEM DO FRIO


UM PAÍS SEM MEDO!

Um bom, muito bom exemplo... para não dizer óptimo exemplo!!!

Suspeitos de afundarem finanças islandesas começam a ser detidos.
Dois ex-directores do banco islandês Kaupthing, nacionalizado de urgência em 2008, foram presos esta quinta-feira. Mas a lista de possíveis detidos envolve mais de 125 personalidades, segundo a imprensa.

Os directores de bancos islandeses que arrastaram o país para a bancarrota em finais de 2009 foram presos por ordem das autoridades, sob a acusação de conduta bancária criminosa e cumplicidade na bancarrota da Islândia.
Os dois arriscam-se a uma pena de pelo menos oito anos de cadeia, bem como à confiscação de todos os bens a favor do Estado e ao pagamento de grandes indemnizações.
A imprensa islandesa avança que estas são as primeiras de uma longa lista de detenções de responsáveis pela ruína do país, na sequência do colapso bancário e financeiro da Islândia.
Na lista de possíveis detenções nos próximos dias e semanas estão mais de 125 personalidades da antiga elite política, bancária e financeira, com destaque para o ex-ministro da Banca, o ex-ministro das Finanças,
dois antigos primeiros-ministros e o ex-governador do banco central.
A hipótese de cadeia e confiscação de bens paira também sobre uma dezena de antigos deputados, cerca de 40 gestores e administradores bancários, o antigo director da Banca, os responsáveis pela direcção-geral de Crédito e vários gestores de empresas que facilitaram a fuga de fortunas para o estrangeiro nos dias que antecederam a declaração da bancarrota.
Em Outubro de 2008, o sistema bancário islandês, cujos activos representavam o equivalente a dez vezes o Produto Interno Bruto do país, implodiu, provocando a desvalorização acentuada da moeda e uma crise económica inédita.
Nós por cá... em PORTUGAL, todos bem!!!