sexta-feira, 26 de agosto de 2011

YOUTH ORCHESTRA OF BAHIA - TICO-TICO NO FUBÁ

ALI FARKA TOURE - BETO

PORTUGAL - LISBOA

MISTÉRIOS DE LISBOA - EPISÓDIO 1




VEJAM SE CONHECEM O MÉDICO QUE APARECE À CABECEIRA DO JOVEM DOENTE AOS 5 MINUTOS DE FILME.

IMPOSTOS SOBRE OS MAIS RICOS

Imposto sobre ricos em Portugal deverá ser discutido
por Lusa

A criação de um imposto especial sobre os mais ricos deverá ser discutida durante o debate da lei do enquadramento orçamental, que acontecerá nos próximos dias, disse à Lusa fonte oficial do gabinete do primeiro-ministro.

Assegurando que o Governo "não descarta qualquer possibilidade", a mesma fonte adiantou que "é provável que o assunto seja levantado durante a discussão do documento de enquadramento orçamental".

A criação deste imposto especial foi inicialmente sugerida pelo investidor norte-americano Warren Buffet que, num artigo de opinião publicado no dia 15 no jornal New York Times, propôs que o Fisco parasse de "mimar os milionários".

A ideia não fez só furor nos Estados Unidos. Na terça-feira, 16 dos homens mais ricos de França pediram ao Governo para aplicar uma taxa especial sobre os seus rendimentos para ajudar a combater os problemas financeiros do país.

Medida que o Executivo local aceitou, tendo já anunciado que o imposto extraordinário será de dois por cento sobre o rendimento anual e que espera arrecadar 300 milhões de euros.

A ideia alargou-se, entretanto, a outros países da Europa, como é o caso de Espanha, onde a ministra da Economia afirmou que o Conselho de Ministros poderá aprovar na sexta-feira a criação de uma taxa especial para os mais abastados.

KADAFI E CONDOLEEZZA RICE

Kadafi tinha álbum "apaixonado" dedicado a Condoleezza Rice

Kadafi já tinha manifestado em público a sua admiração por Condoleezza Rice. Mas uma descoberta recente revela que o líder líbio teria muito mais do que uma simples admiração pela ex-secretária de Estado norte-americana, a quem chegou a chamar a sua "querida mulher negra de origem africana".

Na tomada de posse do palácio presidencial de Kadafi, em Trípoli, os rebeldes líbios descobriram um álbum de fotografias inteiramente dedicado a Condoleezza Rice e que alguns média norte-americanos classificaram como uma "paixão adolescente".
SORRISOS HIPÓCRITAS

Nesse álbum, Kadafi reuniu fotografias suas e de Condoleezza em eventos oficiais. "Creio que não preciso de ver as fotografias para definir o quão estrambótico e repulsivo é o comportamento de Kadafi", comentou a porta-voz do departamento de Estado do Governo norte-americano.

Em declarações à televisão al-Jazeera, em 2007, Kadafi já havia tornado pública a sua admiração pela então secretária de Estado dos Estados Unidos da América. "Admiro-a e estou muito orgulhoso da forma como ela, tranquilamente, dá ordens aos líderes árabes. Leezza, Leezza, Leezza... Gosto muito dela" - declarou. E sublinhou: "Admiro-a e estou muito orgulhoso dela, porque é uma mulher negra de origem africana".

Recorde-se que Condoleezza Rice fez uma visita oficial à Líbia em 2008, a primeira de um secretário de Estado em 55 anos. Aquando dessa visita, Kadafi ofereceu a Rice presentes no valor de 212 mil dólares (cerca de 148 mil euros).
O ABRAÇO DE JUDAS

Mas, segundo o jornal "The Huffington Post", Kadafi não é a primeira paixão que Rice desperta entre o mundo da política internacional. Também antigos ministros dos governos italiano, canadiano e britânico já nutriram uma admiração especial por Condoleezza Rice.

A COMUNIDADE MUÇULMANA EM PORTUGAL

EUA pediram informações sobre comunidade muçulmana em Portugal

Os Estados Unidos da América pediram à sua diplomacia em Lisboa informações sobre a comunidade muçulmana em Portugal, refere um telegrama de Janeiro de 2010 divulgado pela WikiLeaks.


Em resposta ao pedido, a embaixada norte-americana em Lisboa disse que "a comunidade muçulmana em Portugal é de cerca de 50 mil membros (menos de um por cento da população), a maioria são descendentes indo-paquistaneses, bem como imigrantes das antigas colónias de Portugal de Moçambique e Guiné-Bissau".

No telegrama, de 14 de Janeiro de 2010 e com referência 10LISBON20, a embaixada norte-americana diz ainda que a mesquita principal é localizada em Lisboa, existindo "muitas salas de oração em todo o país", destacando que "os muçulmanos em Portugal não são politicamente activos enquanto muçulmanos e mantêm um perfil relativamente discreto".

A diplomacia norte-americana reportou, no mesmo telegrama, que "mantém contacto com a comunidade muçulmana" e com vários líderes religiosos, acrescentando que "tem o mesmo envolvimento com a comunidade muçulmana em Portugal que com outras comunidades religiosas em Portugal".

A WikiLeaks anunciou na quinta-feira a divulgação de mais de cem mil novos telegramas da diplomacia norte-americana em todo o mundo. A organização começou na quarta-feira a publicar telegramas até agora desconhecidos, incluindo relatórios diplomáticos confidenciais. Além de Portugal, foram divulgados documentos relativos a Angola, Moçambique e Timor-Leste, entre outros.

ESTADOS UNIDOS - CRESCIMENTO EM BAIXA

Crescimento dos EUA revisto em baixa para 1%

Pedro Latoeiro
26/08/11

O Departamento do Comércio reviu em baixa, de 1,3 para 1%, o crescimento do PIB dos EUA no segundo trimestre.

O número foi mal recebido nos mercados accionistas europeus - que perdem agora 2% -, e vai condicionar a abertura de Wall Street. Para além disso aumenta ainda mais as expectativas em torno do discurso de Ben Bernanke em Jackson Hole, de onde se espera que apareçam novos estímulos à economia.

No segundo trimestre de 2011 a maior economia do mundo cresceu a um ritmo anual de 1%, uma revisão em baixa face à estimativa inicial de 1,3% do Departamento do Comércio. Os economistas apontavam para uma progressão de 1,1%. No primeiro trimestre o PIB norte-americano registou um crescimento de 0,4%.

MADEIRA - A ARROGÂNCIA E INDISCIPLINA DE JARDIM. FALTA CORAGEM A PASSOS COELHO PARA O METER NA ORDEM!

Madeira

Jardim lança novas obras após admitir ruptura financeira

Mariana Adam
26/08/11

Alberto João Jardim já assumiu que a Madeira tem problemas de falta de liquidez, que atrasam o pagamento a fornecedores.

Jardim lança novas obras após admitir ruptura financeira

A um mês das eleições e depois de ter pedido ajuda a Passos Coelho para sanear as contas, o líder da Madeira, lança obras públicas.

Mesmo depois de ter assumido problemas de liquidez para pagar a fornecedores e de ter pedido ajuda ao actual Governo, com quem quer negociar um acordo para controlar a diíida que duplicou em cinco anos, Alberto João Jardim, a pouco mais de um mês de eleições, continua a lançar novos concursos e adjudicar obras públicas. O conselho do Executivo regional reuniu ontem e das sete resoluções, divulgadas publicamente, cinco são para dar luz verde a obras na Madeira.

De acordo com fonte oficial do gabinete da presidência do governo regional o problema da dívida da região não foi debatido. Já em clima de pré-campanha eleitoral - as eleições estão marcadas para 9 de Outubro -, Alberto João Jardim dá prioridade à construção de um pavilhão gimnodesportivo, uma piscina e a construção de um centro paroquial entre outras obras. O Diário Económico pediu ao governo regional o valor deste pacote de concursos e adjudicações, mas até ao fecho desta edição não obteve qualquer resposta.

Recorde-se que em apenas cinco anos a dívida da Madeira subiu 101,5%. Em 2005 a dívida estava nos 478 milhões de euros, e em 2010, segundo uma auditoria apresentada pelo Tribunal de Contas, a dívida já chegava a 963 milhões de euros, ou seja, mais que duplicou. Os dados da entidade liderada por Guilherme d'Oliveira Martins revelam que entre 2009 e 2010 a dívida subiu 11,5%, ou seja, 99,4 milhões de euros.

VERGONHA! ORÇAMENTO DA AR SOFRE CORTE DE 5%

Parlamento
Orçamento da Assembleia sofre corte acima dos 5%

Inês David Bastos
26/08/11

Previsão era para corte entre 3% e 5% mas deputados foram mais além.

Documento vai ser apresentado no próximo dia 31 de Agosto. Cortes em todas as rubricas.

O orçamento da Assembleia da República (AR) para 2012 vai sofrer um "corte acima dos 5%", disse ontem ao Diário Económico o presidente do conselho de administração do Parlamento, Couto dos Santos. As contas ainda não estão totalmente fechadas, porque ainda faltam afinar algumas rubricas, mas, para já, Couto dos Santos esclarece que os cortes vão ficar acima do que estava inicialmente previsto (entre 3% e 5%). "O Parlamento vai participar no esforço de combater o défice e vai dar um sinal de poupança ao País e à administração pública", sublinhou o deputado do PSD. Feitas as contas, serão mais de quatro milhões a menos dos 80 milhões actuais.

O Parlamento, soube o Diário Económico junto de outra fonte do conselho de administração, está ainda a aguardar respostas da Direcção Geral do Orçamento (sobre o IVA e a Taxa Social Única, por exemplo) para mexer nalgumas rubricas e fechar o orçamento, o que deverá acontecer na próxima quinta-feira (dia 31 de Agosto).

Comentários:
JCarvalho , Porto | 26/08/11 14:36
5%...??? Ahahah..., vão gozar com as vossas familias, e demais vassalos. A demagogia e a mentira proliferam, e estão já enraizadas em TODOS aqueles que estão hoje na politica. Gente triste, gente promiscua, gente mentirosa. Votar? Neste Pais? EU é que não sou parvo!!!

Lopes , | 26/08/11 13:15
Isto é a gozar com o povo português... aumentam-nos os impostos em 17% na luz e no gás e a estes só lhes reduzem 5% se fossem 90% de reduções estava correcto pois a AR até hoje só serviu uma cambada de malandros (não cumprem horários, faltas e mais faltas, viagens sem justificação, subsídios estrondosos, despesas de almoços quando tem cantina e subsídios de almoços enfim uma cambada de ladrões).
Reduzir o número de deputados e terminar com a sua reforma vitalicia ao fim de 2 mandatos... , |
Está quieto ó preto.
Isto só lá vai mesmo quando começarem a rolar cabeças
Ponham os bons costumes de lado se não querem que vos passem a perna a vida toda

Redução drástica de deputados e de assessores para moralizar a vida pública. , mnm | 26/08/11
TRETA, TRETA, TRETA,. Para quando a redução drástica de deputados e de assessores que ocupam todos os espaços do parlamento???????????????????????????????

Para Fuga ao Fisco , mnm | 26/08/11
V.Exª deve compreender que os 230 deputados e as centenas e centenas de assessores têm mais do que fazer do que pensarem na forma como evitar que saiam do país segundos alguns OCS mais de 9 milhões de euros dia? V.Exª têm de compreender de uma vez por todas que se os 230 deputados n~ºao conseguem fiscalizar um governo com 1\6 ministro ou menos, vai agora pensar na forma como evitar a fuga ao fisco? Os 230 deputados nem sabem quem lhe paga os vencimentos principescos e as monumentais mordomias que auferem ao fim do mês e vão agora pensar nas dificuldades do país? eles nem sabem onde ficam situadas a maioria das suas regiões?

PEDRO LX , lx | 26/08/11
ladrõoooooooooooes


Redução drástica de deputados era uyma obra de caridade para a maioria da população? , mnm | 26/08/11
O parlamento tomou posse à pouco mais de 40 dias e logo aumentou a despesa em 16 milhões de euros, vidé JN e DE. À classe política em finais de 2010, foram-lhe reduzidos os principescos vencimentos e as monumentais mordomias em 10%?, mas através da alteração à Lei do Financiamento Partidários, a classe política vai receber em 2011, mais 8 (oito) milhões de euros do que em 2010 (JN de 05JAN2011). Ora a ser assim, o fecho do parlamento iria praticamente reduzir a Zero o défice português e a maioria da população agradecia? Assim, como o Fecho do parlamento não vai acontecer e a classe política vai continuar a gastar é tripa forra, só resta esperar que algo sobrenatural possa responsabilizar todos os políticos, cuja sua teoria é o bem deles, das suas famílias e amigalhaços. Outro notícia creio que do JN, 1/3 dos deputados tem ou tiveram negócios com o Estado, mas alguém de bom senso acredita na redução da despesa por parte do parlamento? se querem ser honesto p

Mario , | 26/08/11
80% seus filhos das pu_t_as. Estamos em crise!!!!!

Labrego , Loures | 26/08/11 11:25
Tadinhos

luis , Aveiro | 26/08/11 11:10
Abaixo a Republica! Morte ao Presidente! Viva o Rei!

portuga , Portugal | 26/08/11
O IMPORTANTE É NÃO TER DEPUTADOS QUE SEJAM ADVOGADOS...ESTE É O PONTO MAIS IMPORTANTE..E COMO ISSO NINGUÉM QUER COMBATER, A PROMISCUIDADE CONTINUARÁ...QUEM QUER SER DEPUTADO... TERÁ QUE SER SÓ DEPUTADO E NADA DE FAZEM DO ESTADO DA AR E DO PARLAMENTO UMA EMPRESA PRIVADA DESSA GENTE QUE CIRCULA POR AI E QUE EM NADA NOS FAVORECE E EM NADA SERVE O PAÍS.......O DRº MARINHO PINTO TEM TODA A RAZÃO.....É INADMISSÍVEL UMA COISA DESSAS...NUM PAÍS SEM JUSTIÇA....NADA FUNCIONA...

PM , P.Varzim | 26/08/11
o "sacrificio" deles... alias não surpreende ninguém. Mataram o rei D. Carlos por muito menos!!!

EU QUERO É MAIS IMPOSTOS , ALGURES | 26/08/11
Qualquer familia da classe média Portuguesa cortou bem mais que 5% do seu rendimento até agora. Entre subidas de impostos, de transportes e quebra nos salários a média já está quase nos 12%, mas vai agora subir com o gás e electricidade.
Claro que num País qualquer o parlamento faz muitissimo mais falta do que as familias...

SER , | 26/08/11
Para baixarem as despesas na AR tê de começar por mexer da lei eleitoral, diminuir o nº de deputados por si só é a solução. Não +e preciso tanto inutil nem partidos inuteis. Menos de 10% dos votos ficam à porta.

politicos? , | 26/08/11
isso é uma ridicularia é só para enganar o povo temos outro socrates mas engravatado.


BRASIL - DESCOBERTO NOVO RIO

Rio subterrâneo de seis mil quilómetros descoberto abaixo do Amazonas

25 | 08 | 2011  

Investigadores brasileiros descobriram indícios da existência de um rio subterrâneo de mais de seis mil quilómetros de extensão, que corre abaixo do rio Amazonas, no Brasil, segundo informa o Observatório Nacional.
Destak/Lusa | destak@destak.pt

A descoberta, que faz parte de um trabalho de doutoramento realizado na instituição, foi feita a partir da análise das temperaturas de 241 poços profundos perfurados pela Petrobras, nas décadas de 1970 e 1980.

“A partir dos resultados obtidos, foi possível identificar a movimentação das águas subterrâneas em profundidades de até 4.000 metros nesta região”, explica, em comunicado, a instituição responsável pela investigação.

O curso de água subterrâneo encontrado possui um percurso similar ao do rio Amazonas, e corre a um fluxo de 3 mil metros cúbicos por segundo.

Essas características, segundo o professor orientador da investigação, Valiya Hamza, são semelhantes às de um rio subterrâneo. Em sua homenagem os investigadores decidiram baptizar a nova descoberta de “Rio Hamza”.

O estudo abrange as áreas das bacias sedimentares dos rios Acre, Solimões, Amazonas, Marajó e Barreirinhas, todos com leitos nas regiões norte e nordeste do Brasil.

O rio Amazonas é considerado o segundo rio mais extenso do mundo e o de maior fluxo de água por vazão. A nascente deste rio está localizada no sul do Peru, mas a maior parte do leito corre em território brasileiro, no estado do Amazonas.

1 comentário

O repórter está desatualizado.. o Amazonas é o maior rio do mundo também em extenção... Estudar e pesquisar também faz bem...

Dr Barros | 26.08.2011 |


http://www.conspiracywatch.info/Dossier-L-imposture-Thierry-Meyssan_a296.html

HUMOR EM TEMPO DE CRISE

VERIFIQUE SUA TAXA DE CROCÂNCIA

Acordou.
levantou os braços, mexeu o joelho, esticou-se:
tudo fez "CROC" ?

Você não está velho(a), só está crocante !

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

PETIÇÃO - É PRECISO ULTRAPASSAR UM MILHÃO

É preciso ultrapassar o 1.000.000

Levantamentos nas caixas ATM vai custar 1,50€

Os bancos preparam-se para nos cobrarem 1,50 Eur por cada levantamento nas caixas ATM.
Isto é, de cada vez que levantar o seu dinheiro com o seu cartão, o banco vai almoçar à sua conta. Este 'imposto' (é mesmo uma imposição, e unilateral) aumenta exponencialmente os lucros dos bancos, que
continuam a subir na razão directa da perda de poder de compra dos Portugueses.

Quem não estiver de acordo e quiser protestar, assine a petição e reencaminhe a mensagem para o maior número de pessoas conhecidas.

http://www.petitiononline.com/bancatms/


DJELIMADY TOUNKARA - MANDE DJELIOU

LÍBIA - A NATO COMBATE, OS REBELDES FAZEM FIGURAÇÃO

É a NATO que faz todo o trabalho militar, não os rebeldes
por Thierry Meyssan
Entrevistado por Silvia Cattori

Silvia Cattori: Aqui tem-se o sentimento de que Tripoli está em vias de colapso. Qual é a vossa opinião?

Thierry Meyssan: Estamos encerrados no Hotel Rixos. Não se pode dizer se tudo vai afundar ou não. Mas a situação é muito tensa. Ontem à noite, no momento da oração, várias mesquitas foram trancadas. De repente, alto-falantes lançaram o apelo à insurreição. Neste momento grupos armados começaram a percorrer a cidade e a atirar para todo lado. Soubemos que a NATO trouxe um barco até as proximidades de Tripoli, do qual foram desembarcadas armas e forças especiais. Desde então as coisas vão cada vez pior.

Silvia Cattori: Trata-se de "forças especiais" estrangeiras?

Thierry Meyssan: Pode-se supor, mas não estou em condições de verificar. Mesmo que estas "forças especiais" sejam formadas por líbios todo o seu enquadramento é estrangeiro.

Silvia Cattori: Qual é a nacionalidade destas "forças especiais"?

Thierry Meyssan: São franceses e britânicos! Desde o princípio, são eles que fazem tudo.

Silvia Cattori: Como é que tudo ruiu subitamente?

Thierry Meyssan: Em 21 de Agosto, no fim do dia, um comboio de viaturas com oficiais foi atacado subitamente. Para se porem ao abrigo dos bombardeamentos os membros deste cortejo refugiaram-se no hotel Rixos, onde reside a imprensa internacional e onde por acaso me encontro eu.

A partir deste momento o hotel Rixos está cercado. Toda a gente veste colete anti-balas e capacetes. Ouve-se atirar em todos os sentido em torno do hotel.

As forças entradas em Tripoli desde ontem não tomaram nenhum edifício em particular; elas atacaram alvos em certos lugares ao deslocarem-se. Neste momento não há nenhum edifício ocupado. A NATO bombardeia de maneira aleatória para aterrorizar sempre mais. É difícil dizer se o perigo é tão importante quanto parece. As ruas da cidade estão vazias. Toda a gente permanece encerrada na sua casa.

Estamos prisioneiros no hotel. Dito isto, há electricidade e água, não nos estamos a queixar. Os líbios sim. Agora há tiros em redor, uma batalha intensa; já há numerosos mortos e feridos em algumas horas. Mas nós somos preservados. Estamos todos reagrupados na mesquita do hotel. Você ouve tiros neste momento.

Silvia Cattori: Quantos assaltantes cercam vosso hotel neste momento?

Thierry Meyssan: Sou incapaz de dizer. É um perímetro bastante grande porque há um parque em torno do hotel. Penso que se não houvesse senão os assaltantes não seria tão simples tomar Tripoli. Mas se há outras tropas da NATO com eles sim, isso muda tudo, o perigo torna-se grande.

Silvia Cattori: Nas imagens difundidas pelas televisões daqui vê-se que ao longo destes seis meses são excitados que atiram para o ar e que não parecem profissionais...

Thierry Meyssan: Viu-se com efeito bandos que se agitam e que não são formados militarmente. É pura encenação, não é realidade. A realidade é que todos os combates são travados pela NATO; e quando seu objectivo é atingido as tropas da NATO retiram-se. Então chegam pequenos grupos – vê-se de cada vez uma vintena de pessoas – mas na realidade nunca são vistos em acção. A acção são as forças da NATO.

Foi assim que se passou sempre nas cidades que foram tomadas, perdias, retomadas, reperdidas, etc... E cada ocasião são as forças da NATO que chegam em helicópteros Apaches e metralham todo o mundo. Ninguém pode resistir, no terreno, face a helicópteros Apaches que bombardeiam; é impossível. Portanto não são os rebeldes que fazem o trabalho militar, isso é anedota! É a NATO que faz tudo. Depois de eles se retirarem, então vêm "os rebeldes" fazer a figuração. É isso que você vê difundido nas cadeias de TV.

Silvia Cattori: Sabe-se quantos "rebeldes" em armas entraram em Tripoli esta noite? E se células dormentes já estavam lá?

Thierry Meyssan: Sim, com certeza, há células dormentes em Tripoli; é uma cidade com um milhão e meio de habitantes. Que haja células combatentes no interior e perfeitamente provável. Quanto aos assaltantes, mais uma vez, não sei qual é a proporção do enquadramento pelas forças da NATO. A verdadeira questão é saber quantas forças especiais já foram colocadas.

Há agora forças militares do coronel Kadafi na cidade. Elas chegaram bastante tardiamente do exterior. Os assaltantes cercam o hotel. Penso que é impossível esta noite tentarem um assalto contra o hotel.

Silvia Cattori: Houve pânico entre as pessoas que residem no hotel?

Thierry Meyssan: Sim, jornalistas residentes aqui no hotel Rixos entraram completamente em pânico. É um pânico geral.

Silvia Cattori: E você como se sente?

Thierry Meyssan: Eu tento permanecer zen nestas situações!

Silvia Cattori: Quantos jornalistas estrangeiros estão entrincheirados no hotel?

Thierry Meyssan: Eu diria entre 40 e 50.

Silvia Cattori: As pessoas ignoram que onde há jornalistas que cobrem a guerra há sempre um bom número deles que faz informação, que são agentes duplos, espiões...

Thierry Meyssan: Há espiões por toda a parte; mas penso que eles não sabem tudo.

Silvia Cattori: Diz-se aqui que o plano para evacuar os estrangeiros está pronto. Eles vão poder sair...

Thierry Meyssan: A Organização de Emigração Internacional tem um barco que está prestes a atracar no porto de Tripoli para evacuar os estrangeiros, nomeadamente a imprensa, prioritárias neste caso.

Silvia Cattori: E você o que pensa fazer?

Thierry Meyssan: Por enquanto o barco está ao largo; ele não entrou no porto. É a NATO que o impede de atracar. Quando a NATO o autorizar será feita a evacuação.

Silvia Cattori: Esta evolução vos surpreende?

Thierry Meyssan: As coisas aceleraram-se quando chegou o barco da NATO. São combatentes pertencentes às forças especiais da NATO que estão aqui no terreno e é evidente que tudo pode cair rapidamente...

Silvia Cattori: Os citadinos estão todos munidos de fuzis se diz?

Thierry Meyssan: O governo distribuiu quase dois milhões de kalachnikovs no país para assegurar a defesa frente a uma invasão estrangeira. Em Tripoli, todos os cidadãos adultos receberam uma arma e munições. Houve um treino nestes últimos meses.

Silvia Cattori: Os líbios que quisessem não estão em condições de sair para manifestarem-se contra as forças da NATO?

Thierry Meyssan: As pessoas estão paralisadas pelo medo; atira-se de toda a parte; e além disso bombardeia-se.

Silvia Cattori: Vossa posição não é fácil. Entre os jornalistas você deve ter inimigos que querem a vossa pelo por ter contraditado suas versões dos factos!

Thierry Meyssan: Sim. Já fui ameaçado por jornalistas estado-unidenses que disserem que querem matar-me. Mas a seguir apresentaram as suas desculpas... Não tenho dúvida nenhuma sobre suas intenções.

Silvia Cattori: Eles proferiram esta ameaça diante de testemunha?

Thierry Meyssan: Sim, na presença de (...)

Entrevista realizada a partir de Tripoli em 21/Agosto/2011/23h00.

Ver também: TRIPOLI - Témoignage : les journalistes "non alignés" sont menacés de mort (Russia Today)


Este artigo encontra-se em http://resistir.info/ .

terça-feira, 23 de agosto de 2011

SALIF KEITA - AMOR

FUNDAÇÃO EÇA DE QUEIROZ

POEMA DE MÁRIO CESARINY - HÁ UMA HORA

HUMOR EM TEMPO DE CRISE - A BODA

video

NÃO RESPIRE!


Não se mexa - Não respire - Nem pense - Só assista
http://www.youtube.com/watch_popup?v=jJrzIdDUfT4&vq=medium

NO PAÍS DOS RATOS

(Um retrato bem actual do nosso país)
A fábula Mouseland (em português: "Ratolândia") foi inicialmente contada por Clarence Gillis e mais tarde popularizada em discurso por Tommy Douglas, político canadiano. A fábula expressava a visão de que o sistema político canadiano estava viciado, pois oferecia aos eleitores um falso dilema: a escolha de dois partidos, dos quais nenhum representava os interesses do povo.
Na fábula, os ratos (o povo canadiano) votavam nos gatos negros (Partido Progressivo Conservador) e depois de algum tempo descobriam o quão difícil suas vidas eram. Depois votavam nos gatos brancos (Partido Liberal) e assim ficavam alternando entre os dois partidos.
Um dos ratos tem então a ideia de que os ratos deveriam formar seu próprio governo...

EUROPEUS E AMERICANOS, QUE SE LIXE A CRISE, FAÇAM COMO EU, RELAXEM!


O FIM DE KHADAFI



Apelos ao fim do regime chegam de vários países

Confrontos continuam em Trípoli e ainda falta encontrar Khadafi

22.08.2011 - Por Isabel Gorjão Santos

Barack Obama diz que o regime de Khadafi chegou ao fim, de vários países chegaram apelos ao fim da violência. Mas em Trípoli os confrontos prosseguem e continua incerto o paradeiro de Khadafi. Depois dos festejos na Praça Verde, os rebeldes garantem controlar 80 por cento da capital, incluindo as instalações da televisão estatal.

As forças de Khadafi continuam a combater os rebeldes na capital, três dos filhos do coronel foram detidos (um fugiu entretanto), mas ao final do dia o homem que governa o país há 42 anos ainda não tinha sido capturado. Depois de uma noite de festa na Praça Verde, houve violentos confrontos junto ao complexo de Bab Al-Azizia, onde Khadafi poderá estar. Mas não há certezas.

Na parte ocidental da cidade, os rebeldes que ali tinham chegado na noite de domingo foram travados pelas forças de Khadafi. “Estamos a preparar-nos para mais uma noite de confrontos”, disse um dos residentes à BBC. “Penso que as forças de Khadafi vão recorrer a métodos de guerrilha porque sabem que não têm o apoio da população.”

Numa conferência de imprensa a meio da tarde, o líder do Conselho Nacional de Transição líbio que representa os rebeldes, Mustapha Abdel Jalil, admitiu que não sabe onde Khadafi está. “Não sabemos se estará no complexo [de Bab al-Aziziyah] ou se já estará fora da Líbia.” Assumiu ainda que os rebeldes não podem confirmar o pleno controlo de Trípoli e confirmou a captura do filho de Khadafi, Saif al-Islam, que era até agora apontado como um provável sucessor do coronel.

Para além de Saif, os rebeldes anunciaram também a detenção de Mohammed e Saadi, mas ao final da tarde a estação de televisão Al-Jazira noticiou que forças leais a Khadafi terão ajudado Mohammed a fugir da casa onde estava detido.
Jalil defendeu a mudança do CNT para Trípoli quando houver uma nova Constituição, mas para já apelou aos apoiantes dos rebeldes para que actuem dentro da lei e falou num “julgamento justo” para Khadafi, que é acusado por crimes contra a humanidade e poderá vir julgado no Tribunal Penal Internacional, que já está a negociar a transferência de Saif, acusado por crimes de guerra.

Do coronel chegou apenas o silêncio, agora que a televisão estatal deixou de estar sob seu controlo. Na última mensagem que dirigiu aos líbios, uma gravação de áudio tornada pública no domingo à noite, pediu que “salvem Trípoli” dos rebeldes. Há dois meses que o coronel não aparece em público, por isso chegou a especular-se se estaria agora na sua casa na região de Sirte ou até num hospital em Tajura. O Pentágono disse não ter informações sobre a saída de Khadafi da capital.

Forças de Khadafi lançam três mísseis
Ao final do dia a NATO confirmou que as forças do regime lançaram três mísseis tipo Scud na área de Sirte, a cidade natal de Khadafi, em direcção a Misurata, no centro do país. Inicialmente tinha sido referido um lançamento suspeito, mas mais tarde a Aliança Atlântica confirmou que os mísseis terão caído no mar e que não havia notícias de vítimas ou danos. Um responsável da organização citado pela Reuters conformou apenas o lançamento de “três mísseis terra-terra nesta segunda-feira à noite”.

Para além de Trípoli, hoje também houve confrontos em Zletan, que fica a cerca de 128 quilómetros, em Aziziyah, 50 quilómetros a sul da capital, e em Khoms, a meio caminho entre Trípoli e Misurata.

Os tanques de Khadafi pareciam controlar apenas algumas áreas da capital, incluindo a zona junto ao complexo de de Bab al-Aziziyah, adiantou a Reuters. Mas depois de uma noite de festa a população manteve-se agora em casa. Os correspondentes da agência britânica relataram confrontos com armas pesadas, incluindo armamento antiaéreo, centenas de pessoas terão morrido desde domingo ainda que seja difícil avançar com um número de vítimas.


PORTUGAL - VIANA DO CASTELO

PORTUGAL-GOVERNO-PAULO PORTAS O MINISTRO QUE DECLAROU MENOR RENDIMENTO

22.08.2011 -  Por Rita Brandão Guerra

Passos Coelho declarou 119 mil euros de rendimentos de trabalho dependente



Paulo Portas, ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, é o membro do Governo que declarou menor rendimento referente ao ano de 2010 - 51.520 euros é o total indicado pelo ministro como trabalhador dependente, conforme a declaração entregue no Tribunal Constitucional (TC). Portas tem um Volkswagem Touareg e 159 mil euros numa conta solidária, no Banco Popular. Nada mais.

O primeiro-ministro e os 11 ministros entregaram até ontem as declarações sobre o valor do património e rendimentos dos titulares de cargos políticos e equiparados no TC. As declarações, no seu conjunto, permitem concluir que, salvo algumas excepções, os membros do executivo liderado por Pedro Passos Coelho excedem a informação solicitada pelo TC e anexam cópias de IRS, extractos bancários ou rescisão de funções em empresas nas quais eram colaboradores antes de integrarem o Governo. Já no início de Agosto, Rui Baptista, assessor do primeiro-ministro, confirmou ao PÚBLICO que foram transmitidas "indicações sobre a necessidade de colocar tudo de acordo com a lei" e de "agir sempre com lisura e transparência". A lei, aliás, nem sempre obrigou os titulares de cargos políticos a este procedimento.

Passos Coelho declarou ao TC mais de 119 mil euros de rendimentos de trabalho dependente. Para além do imóvel onde reside, em Massamá, Passos tem outro declarado na mesma localidade. O único veículo registado em seu nome é um automóvel Opel Corsa. O primeiro-ministro tem ainda um empréstimo de habitação no BCP, com um valor em dívida de mais de 200 mil euros, e outro empréstimo que ultrapassa os 42 mil, na CGD. No mesmo documento, Passos informa que renunciou a 29 de Março de 2010 ao cargo de administrador de três empresas do grupo Fomentivest e das empresas Tejo Ambiente, Ribatejo, HLC Tejo, Lusofuel e MC02.

Os que mais declaram

O ministro que ocupa o topo da tabela no que toca a rendimentos declarados é Paulo Macedo. O titular da pasta da Saúde tem mais de 800 mil euros de trabalho dependente, um imóvel numa herdade em Benavente e outro em Lisboa. Só em certificados de aforro soma mais de meio milhão de euros. E na sua muita extensa declaração é possível verificar que parte do seu património é direccionado para fundos de investimento com aplicações no estrangeiro. A par de uma aplicação a prazo no BCP de 160 mil euros, revela um seguro poupança no montante de 40 mil e um fundo de pensões de mais de 180 mil. No BCP, tem acções no valor de 97 mil euros e dois créditos habitação de mais de 217 mil.

Depois de Paulo Macedo, o segundo ministro com maior rendimento declarado é o da Defesa. Se José Pedro Aguiar-Branco declarou pouco mais de 73 mil euros de rendimento dependente, o rendimento total do ministro o ano passado ultrapassou os 423 mil euros. Com um vasto património imobiliário no Norte do país - Braga, Porto e Guimarães -, Aguiar-Branco apresenta participações no capital de empresas e informa que para exercer o cargo ministerial renunciou à presidência das assembleias gerais de 13 empresas. Com contas bancárias no BES, Montepio Geral, Barclays e BBVA, o ministro tem várias aplicações a prazo e à ordem.

Vasto é também o património imobiliário da ministra da Justiça. Paula Teixeira da Cruz declarou imóveis em Albufeira, Lisboa ou em Covões (Cantanhede). Tem activos financeiros no BES, BCP e Deutsche Bank e é accionista da empresa Augusto Teixeira da Cruz, Lda. e Octur - Organizações e Construções Turísticas do Algarve, SA. Teixeira da Cruz informou igualmente a renúncia ao cargo de presidente da assembleia geral de três empresas e de presidente do conselho fiscal de outra. As renúncias foram feitas a 21 de Junho, data em que o Governo tomou posse. Em sede de IRS, declarou um total de mais de 300 mil euros ganhos em 2010.

Já Nuno Crato, titular da pasta da Educação, declarou mais de 150 mil euros de trabalho dependente e mais de 40 mil como independente. Ao património imobiliário do ministro, que inclui dois imóveis, acrescem depósitos a prazo e à ordem no Montepio e dois fundos de investimento. O titular da pasta da Educação tem ainda duas contas no Bank of América, onde soma mais de 6400 dólares (cerca de 4400 euros) e várias aplicações financeiras no estrangeiro. Estamos a falar de um montante, no total, que ultrapassa os 300 mil euros.

COMENTÁRIOS:

Anónimo , Maia. 22.08.2011
2 BMW's e 1 Jaguar?
O Ministro Miguel Macedo com rendimentos de 58 mil euros podia explicar como consegue ter 2 BMW's e 1 Jaguar. Acho que todos nós aprenderíamos alguma coisa com esta explicação.

Rui , Porto. 22.08.2011

Muitos euros.
Todos estes senhores tem quase uma coisa em comum: são administradores de várias empresas. Como é que conseguiram arranjar tempo para gerir todas estas empresas? Pois é, uns a receber miseros salários mensais de 500 a 1000 euros ( a maioria dos tugas) e outros a ganharem centenas de milhares de euros anuais, muitos deles em tachos arranjados pelos amigos e pelos conhecimentos (vulgo cunha). Não é inveja, mas em Portugal os bons relacionamentos contam e muito. Se são assim tão bons, para ganharem estes salários, esperam-se grandes resultados na acção governativa. Com estes ministros tão bons é impossivel falhar, e Portugal será a nova Finlândia do sul da Europa, eh eh eh.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

OS PEQUENOS ROUBOS SÃO INOFENSIVOS?

Exemplo de como os ladrões de pequenos roubos não são inofensivos,como muita gente quer fazer crer...

Reparem nestas imagens captadas por câmara à entrada de um prédio:

No próximo motim prisional, quando a imprensa falar na defesa dos direitos humanos e fizerem o maior estardalhaço por causa da "atrocidade e a truculência" dos métodos de acção da Polícia e tu
sentires pena dos "coitadinhos" dos presos que estão lá dentro queimando e drogando-se, inclusive decapitando os próprios colegas... lembra-te das imagens deste vídeo.


video

JUSTIÇA BRASILEIRA.., UMA VERGONHA SEM FIM....



Eis o porquê da expressão: 'deixar o cachorro passar e implicar com a pulga'

Isso foi exibido em todos os telejornais noturnos na quinta feira:

Paulo, 28 anos, casado com Sônia, grávida de 04 meses, desempregado há dois meses, sem ter o que comer em casa foi ao rio Piratuaba-SP a 5km de sua casa pescar para ter uma 'misturinha' com o arroz e feijão, pegou 900gr de lambari, e sem saber que era proibido a pesca, foi detido por dois dias, levou umas porradas. Um amigo pagou a fiança de R$ 280,00 para liberá-lo e terá que pagar ainda uma multa ao IBAMA de R$ 724,00. A sua mulher Sônia grávida de 04 meses, sem saber o que aconteceu com o marido que supostamente sumiu, ficou nervosa e passou mal, foi para o hospital e teve aborto espontâneo. Ao sair da detenção, Ailton recebe a noticia de que sua esposa estava no hospital e perdeu seu filho, pelos míseros peixes que ficaram apodrecendo no lixo da delegacia.
Quem poderá devolver o filho de Sônia e Paulo?

Henri Philippe Reichstul, Presidente da PETROBRAS.
Responsável pelo derramamento de 1 milhão e 300 mil litros de óleo na Baía da Guanabara. Matando milhares de peixes e pássaros marinhos.
Responsável, também, pelo derramamento de cerca de 4 milhões de litros de óleo no Rio Iguaçu, destruindo a flora e fauna e comprometendo o abastecimento de água em várias cidades da região. Crime contra a natureza, inafiançável.
Encontra-se em liberdade. Pode ser visto jantando nos melhores restaurantes do Rio e de Brasília.

Esta é uma campanha em favor da VERGONHA NA CARA.

SOMA E SEGUE: A LEI NÃO IMPEDE QUE LADRÕES E DEMAIS VIGARISTAS SEJAM ELEITOS PARA CARGOS PÚBLICOS

Para quem não sabe, ontem, foi REJEITADA a votação,...

10 de Agosto de 2011 

Foi REJEITADA a votação do Projecto de Lei FICHA LIMPA, que impede a candidatura a qualquer cargo electivo, de pessoas condenadas em primeira ou única instância ou por meio de denúncia recebida em tribunal em virtude de crimes graves, como: racismo, homicídio, estupro, homofobia, tráfico de drogas e desvio de verbas públicas.
A IMPRENSA FOI CENSURADA E ESTÁ IMPEDIDA DE DIVULGAR!
Em poucas palavras os vigaristas e ladrões, podem continuar a mandar no país impunemente.